Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017

Política


08/05/2017 - 00:00 - Atualizado em 08/05/2017 - 00:00

Valor do ciclismo irá para outras dez modalidades

Délbio Teruel explica porque prefeitura deixou de apoiar time de ciclismo
Por Leonardo Abrantes
Osasco

(política@webdiario.com.br)

Secretário de Esportes de Osasco, Delbio Teruel não gostou das críticas feitas a ele depois que a pasta decidiu não renovar o contrato com a equipe de ciclismo que representava a cidade em competições oficiais. Ao Diário da Região, o secretário justificou a decisão devido ao baixo orçamento que a pasta de esportes dispõe para 2017.

Segundo ele, a equipe custaria R$500 mil por ano aos cofres da prefeitura, valor suficiente para bancar mais de dez modalidades. “Estamos readequando a secretaria de Esportes e analisando todos os gastos. O ciclismo que representava a cidade, cuja equipe era formada por atletas de fora da cidade, tinha um orçamento de R$500 mil durante o ano e nós, com bastante dificuldade, estamos revendo todos os orçamentos. Esse valor todo não cabia no nosso orçamento, tanto que fizemos reduções em outras modalidades também”, justificou Delbio.

O secretario rebateu as acusações feitas por opositores ao governo. Sem citar nomes, Delbio pediu mais “responsabilidade”. “Se privilegiássemos o ciclismo, teríamos que deixar, no mínimo, de oito a dez modalidades fora do Bolsa Atleta e dos Jogos Regionais. Sei que tem muita gente querendo tirar proveito da situação, dizendo que está diminuindo o esporte na nossa cidade ou que estamos deixando de aplicar recursos, mas, às vezes, falta um pouquinho de responsabilidade para saber o que realmente está acontecendo. É fácil criticar”, disparou.

O secretário também admitiu que o fato de a equipe não ser formada por atletas de Osasco pesou na decisão. “Sempre pesa. A ideia do prefeito e a nossa é fazer os atletas de Osasco evoluírem. Você precisa ter o exemplo, o grande ganhador até para incentivar os mais novos, mas em muitos casos, não dá para ter esses atletas. É preferível ter 500 alunos praticando ginástica olímpica, judô ou outra categoria do que ter 25 atletas só pedalando e competindo pela cidade. Respeito os atletas que estavam aqui, mas não eram de Osasco. A gente precisa priorizar o atleta de Osasco”, afirmou. 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style