Terça-Feira, 27 de Junho de 2017

Esportes


12/06/2017 - 00:00 - Atualizado em 12/06/2017 - 00:00

Com Tandara, seleção brasileira é campeã em Montreux

Alemanha perdeu de 3 sets a 0 para o Brasil
Por Da redação
Osasco

(esportes@webdiario.com.br)

Começou com título o novo ciclo olímpico da seleção brasileira de vôlei feminino. Com elenco renovado e contando com apenas 3 campeãs olímpicas – Tandara, do Nestlé/Osasco, Natália e Adenízia, o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães faturou, neste domingo, o Montreux Volley Masters. Foi também o sétimo título do País na competição. Na final o Brasil bateu a Alemanha por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/18 e 25/20, na Suíça.

Ao contrário das primeiras quatro partidas do torneio, Tandara teve atuação apagada na final, marcando 7 pontos. Ele havia sido a maior pontuadora da equipe nas vitórias contra a Polônia e Tailândia e também na derrota contra a própria Alemanha, na fase de grupos, e também na semifinal, quando a seleção despachou a China. 

Além de Tandara, o time de Osasco teve Gabi, estreando como líbero, na seleção. Mas ele teve pouca participação nos jogos. A atleta ainda não teve sua renovação de contrato confirmada e há especulações de que ela estaria de malas prontas para o Rio de Janeiro, do técnico Bernardinho. Outro time da região, o Hinode/Barueri, também comandado por Zé Roberto, contou com duas atletas na seleção: a levantadora Naiane e oposto Edmara.  O treinador destacou a importância do torneio para suas jovens atletas. A seleção do campeonato teve a presença de três brasileiras. A central Carol foi eleita a melhor jogadora da competição (MVP) e a melhor central. A levantadora Roberta ficou com o prêmio de melhor da sua posição e a capitã Natália foi considerada a melhor ponteira. Os próximos desafios do Brasil serão dos amistosos preparatórios para o Grand Prix contra a Polônia nos dias 27 e 29 de junho, respectivamente, em Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP).

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style