Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017

Veículos


14/06/2017 - 00:00

Substituto do Captiva

No Brasil, o lançamento do Equinox, novo SUV da Chevrolet que será produzido no México, está previsto para o último trimestre deste ano. Motor 2.0 turbo a gasolina terá mais de 260 cavalos.
Por Redação
Osasco

Equinox

Equinox (Foto: Divulgação)
(gracielazabotto@webdiario.com.br)
                 
Buenos Aires foi o local escolhido para a General Motors apresentar o Chevrolet Equinox, seu novo SUV de porte médio. Para substituir o Captiva, o SUV da Chevrolet de maior sucesso nos Estados Unidos será lançado no Brasil no último trimestre deste ano. Produzido no México, o modelo é considerado o principal lançamento da marca em 2017 no Brasil e chegará para brigar com Jeep Compass, Hyundai ix35, Kia Sportage, Honda CR-V e Toyota RAV4, considerado os seus principais concorrentes.
 
Segundo a montadora, o Equinox se destaca inicialmente pelo balanço entre design e tecnologia. O projeto também traz uma lista de equipamentos inovadores de segurança, conforto, conveniência e conectividade total. Entre os principais deles estão frenagem automática de emergência; assistente de permanência na faixa; banco do motorista com alerta de segurança; faróis de LED de alta intensidade e inteligentes; tampa do porta-malas acionada por sensor de movimento; teto solar elétrico panorâmico; sistema de som premium com alto-falantes da marca Bose e assistente de estacionamento semiautônomo.
 
“O Equinox chega para agregar prestígio à linha de SUV da Chevrolet e ficará posicionado entre o Novo Tracker e o Novo Trailblazer”, destacou Hermann Mahnke, diretor de Marketing da marca para o mercado Sul-Americano.
 
O modelo será equipado com motor 2.0 turbo a gasolina de mais de 260 cavalos e cerca de 37 kgfm de torque. Cerca de 90% do pico de torque está disponível de 2.000 rpm a 5.600 rpm, mostrando elasticidade e disposição abundantes nas principais faixas de rotação.
 
“Este é o mais avançado motor turbinado ofertado pela Chevrolet no mundo. Foi especialmente projetado para entregar uma combinação de potência, eficiência energética e durabilidade num patamar realmente inédito para um SUV da marca”, destacou Mathias Reinartz, diretor de Sistemas de Propulsão da GM América do Sul.
 
O propulsor 2.0 Turbo trabalha em conjunto com a nova transmissão automática de nove marchas da GM. Além de refinar a performance e melhorar o consumo com um maior número de marchas de menores intervalos, ela é a primeira da marca com o “selectable one-way clutch”.
 
Este sistema compacta em um único componente as embreagens de travamento de direção e de ré, a ponto de a transmissão ter dimensões comparáveis à de 6 marchas, ainda com maior eficiência. Este conjunto motriz é basicamente o mesmo que equipa o Camaro Turbo nos Estados Unidos.
 
A Equinox 2.0 Turbo será oferecida com tração integral permanente tipo AWD (All Wheel Drive), capaz de variar o envio de torque de uma roda para a outra ou até de um eixo para o outro automaticamente, aumentando a estabilidade e a aderência do veículo principalmente em pisos de menor aderência. O valor do Equinox ainda não foi divulgado.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style