Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017

Política


07/08/2017 - 00:00 - Atualizado em 07/08/2017 - 00:00

Câmara deve votar criação do Bilhete Único em Osasco nesta terça

Autor da proposta, vereador Ni da Pizzaria, acredita que terá aprovação unânime dos vereadores. Se passar pela Casa deve receber sanção do prefeito Rogério Lins
Por Leonardo Abrantes
Osasco

vereador Ni da Pizzaria

vereador Ni da Pizzaria (Foto: Luciano Benazzi)
(política@webdiario.com.br)

Protocolado na Câmara Municipal de Osasco, em março, o projeto de lei de autoria do vereador Ni da Pizzaria (PODE) que prevê a criação do Bilhete Único entrou na pauta de votação na sessão ordinária da última quinta-feira, 4. Por falta de quórum, a proposta não foi votada, o que deve acontecer nesta terça-feira, 8, quando os vereadores voltam a se reunir.

Autor do projeto, Ni acredita que terá apoio unânime dos parlamentares e do prefeito Rogério Lins (PODE). A proposta faz parte do plano de governo de Lins. De acordo com Ni, a implantação do Bilhete Único deverá favorecer 200 mil pessoas em Osasco. Pelo projeto, o Bilhete Único osasquense dará ao passageiro o direito de usar “quantas conduções quiser no período de duas horas”, contada a partir da primeira viagem pelo preço de uma passagem.

Em sua justificativa, o vereador afirma que outras cidades da região metropolitana de São Paulo, como Guarulhos, já aderiram ao bilhete. Ao Diário da Região, o parlamentar justificou a apresentação do projeto. “Creio que o projeto entrará em votação na terça-feira. É um projeto bom para a cidade e acredito que meus pares serão favoráveis. A população de Osasco sofre muito com o valor das passagens de ônibus.

Essa proposta vai beneficiar, principalmente, os menos favorecidos”, disse ele. Companheiro de partido de Rogério Lins, Ni diz não saber que a proposta faz parte do plano de governo do prefeito. Até por isso, ele acredita que Lins não vetará a proposta caso seja aprovada pelos vereadores. “A gente não sentou para conversar a respeito disso. Nem sabia que fazia parte do plano de governo do Rogério quando fiz o projeto. Achei que era bacana e apresentei na Câmara. O prefeito vai ver pelo lado de que é bom para a cidade e acredito que ele não vai vetar”, afirmou.    
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style