Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017

Esportes


08/08/2017 - 00:00 - Atualizado em 08/08/2017 - 00:00

Oeste quer afastar "fantasma" do returno da Série B do Brasileiro

Vitória de 2 a 0 em cima do Goiás levou o Oeste a 27 pontos, terminando o primeiro turno na 10ª colocação
Por Leonardo Abrantes
Barueri

Roberto Cavalo, técnico da equipe

Roberto Cavalo, técnico da equipe (Foto: Luciano Benazzi)
(esportes@webdiario.com.br)

Demorou um turno inteiro, mas o Oeste finalmente conseguiu vencer uma partida fora de casa na Série B do Campeonato Brasileiro. Contra o Goiás, na última sexta-feira, 4, o Rubrão demonstrou consistência ofensiva e defensiva para voltar de Goiânia com a vitória por 2 a 0. O resultado levou o Oeste a 27 pontos, terminando o primeiro turno na 10ª colocação.

A pontuação é um recorde para a equipe em cinco anos na segunda divisão nacional e faz os comandados de Roberto Cavalo sonharem com uma vaga no G4. Para isso, porém, eles terão que afastar o fantasma do segundo turno que assombrou o Rubrão nos últimos anos. A vitória fora de casa era algo que o Oeste vinha perseguindo desde o início do campeonato e passou perto em algumas oportunidades como, por exemplo, na partida contra o Guarani. Curiosamente, a vitória aconteceu na rodada seguinte à pior partida do Rubrão no campeonato, contra o ABC, quando empatou, em casa, por 1 a 1.

Contra o Goiás, o time de Barueri se aproveitou da ausência de torcedores – punido, o Esmeraldino teve que jogar com portões fechados – para vencer por 2 a 0. Mazinho e Raphael Luz marcaram os gols do confronto. Com o placar, o Oeste deu um salto na classificação, saindo do 14º lugar para o 10º superando sua campanha no primeiro turno do ano passado, sua melhor marca até então. Comandado por Fernando Diniz, o Rubrão tinha havia conquistado 25 pontos, dois a menos que na Série B deste ano. O número é animador, mas faz o Oeste acender o sinal de alerta, pois foi justamente na virada do turno que, nos últimos anos, despencou na classificação, passando a brigar contra o rebaixamento.

No ano passado, o Oeste venceu apenas duas partidas no segundo turno e se livrou do rebaixamento à Série C na última rodada do campeonato. Antes, em 2015, o Rubrão treinado por Cavalo, caiu de rendimento quando o treinador, em meio ao segundo turno, trocou o Oeste pelo Criciúma. Agora, 7 pontos separam o Rubrão do Z4 e a expectativa é que a equipe mantenha a boa campanha que faz até aqui para continuar pensando em acesso para a Série A. Apenas 4 pontos separam o Oeste do G4.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style