Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Polícia

09/08/2017 - 00:00 - Atualizado em 09/08/2017 - 00:00

Câmeras devem ajudar identificar quem matou menina

Por Da redação
Osasco

Segue cercada de mistério a morte da adolescente Ana Paula Freire, de 13 anos, em Osasco. A jovem foi encontrada de bruços, no chão do quarto da casa onde morava com a irmã e o cunhado, com o fio da televisão do cômodo amarrado em volta do pescoço e a ponta presa na maçaneta da porta do quarto. Pela posição do corpo, a polícia já descartou a hipótese de suicídio. Ela também não sofreu violência sexual. Mas nada foi levado. O crime aconteceu na segunda-feira e o corpo da garota foi sepultado na terça. O caso está sendo investigado pelo Setor de Homicídios, da Delegacia Seccional de Osasco. E imagens captadas por uma câmera de segurança da rua podem ajudar a identificar o suspeito. A garota, que estava na 7ª série, estudava à tarde  e passava a manhã sozinha na casa. Ela não usava drogas.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style