Sábado, 21 de Outubro de 2017

Cotidiano


11/08/2017 - 00:00

Lins promete recuperar salários dos servidores em 3 anos

Segundo ele, planos de reajuste serão revistos anualmente, de acordo com a arrecadação. "Queremos acabar com a fama de Osasco pagar os piores salários da região ao funcionalismo", afirmou
Por Erica Celestini
Osasco

Lins

Lins (Foto: Luciano Benazzi)
(cotidiano@webdiario.com.br)

“O que não pude fazer esse ano, vamos recuperar, gradativamente, nos próximos três anos de gestão”. Esse é o plano do prefeito Rogério Lins para revisão dos salários dos servidores públicos municipais. Este ano, a categoria ficou sem reajuste, apesar da elevação no valor do vale-refeição. Segundo Lins, embora o PPA (Plano Plurianual), que prevê os investimentos para os próximos 5 anos, determine os investimentos também na folha de pagamento para esse período, haverá revisões anuais, de acordo com a receita da administração. “O reajuste vai depender de nossa arrecadação. Então, vamos repactuar, a cada ano, o que a gente mandou no PPA”, explicou.  Segundo Lins, o objetivo é terminar sua gestão deixando para trás a marca que Osasco carrega hoje, de ser a cidade da região que paga os salários mais baixos para o funcionalismo. Apesar dos planos a longo prazo, algumas categorias terão reajuste já este ano.

O prefeito também protocolou, na Câmara, o projeto de lei complementar 14/2017 que altera a tabela de vencimentos dos professores, guardas e vigias municipais. Com isso, o menor vencimento pago aos agentes da Guarda Civil Municipal será de R$1.193,02 (categoria A) e o maior será de R$6.580,77 aos inspetores regionais. Já para os vigiais, os valores variam de R$966,19 a R$2.563,61. Entre os professores, o menor salário será dos PEBs I com jornada de 21 horas semanais, de R$1.394,25 (Classe M01 categoria A). Já os PEBs I Classe M05 categoria M receberão os maiores salários: R$2.898,54. Os vencimentos dos PEBs I que cumprem jornada de 27 horas semanais variam entre R$1.792,59 a R$3.726,68. Os PEBs II com jornada de 27 horas semanais terão salários mínimos de R$2.288,20 e máximo de R$4.757,01. Já para os PDIs I os valores variam entre R$1.781,57 e R$3.703,75. Para os PDIs II, vão variar entre R$1.873,93 e R$3.895,76.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style