Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017

Polícia

31/08/2017 - 00:00 - Atualizado em 31/08/2017 - 00:00

Polícia apreende 9 toneladas de soda cáustica

Produto estava em uma empresa
Por Graciela Zabotto e Maranhão
Região

Polícia apreende 9 toneladas de soda cáustica

Polícia apreende 9 toneladas de soda cáustica (Foto: Divulgação)
(policia@webdiario.com.br)
 
Nove toneladas de soda cáustica foram apreendidas dentro de uma fábrica, em Vagem Grande Paulista. “A soda cáustica é um composto utilizado como base química para fabricação de papel, tecidos, alimentos, biodiesel e, também, usado como desentupidor de pia e cano. Aparentemente, é mais um produto à disposição das pessoas, mas é uma substância perigosa porque é tóxica e pode provocar queimaduras se entrar em contato com a pele e os olhos, podendo chegar à cegueira”, explicou Fernando Shimidti, delegado titular da Delegacia de Investigações Sobre Infrações Contra o Meio Ambiente e Produtos Controlados.

Por ser uma substância tóxica, seu armazenamento, transporte e comercialização precisam de uma licença especial emitida pela Polícia Civil, em casos de até 300 quilos, ou pela Polícia Federal ou Exército Brasileiro, quando a quantidade for acima de 300 quilos. De acordo com Shimidt, a empresa não tinha licença para armazenar o produto. Aos policiais, o responsável pela empresa disse que desconhecia a necessidade da licença.

O gerente do estabelecimento foi preso em flagrante por crime contra o meio ambiente, pagou fiança de cinco salários mínimos e vai responder o processo em liberdade.  

“A soda cáustica é uma substância que também é usada no refino de drogas. Por isso realizamos esse trabalho de fiscalização na nossa região”, finalizou Shimidt, titular da Delegacia de Investigações Sobre Infrações Contra o Meio Ambiente e Produtos Controlados. Com sede em Barueri, ela atende, também, as cidades de Carapicuíba, Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Cotia e Vargem Grande Paulista.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style