Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017

ARTIGO


13/09/2017 - 00:00 - Atualizado em 13/09/2017 - 00:00

Que o bem vire moda!

Por Da redação
Região

Vamos começar este artigo com uma promessa simples e ousada. Prometemos utilizar este espaço apenas para trazer notícias boas sobre o que o terceiro setor tem feito de bom pela cidade de Osasco e região. E vamos mostrar que não é pouco.
A Rede Social de Osasco é um movimento que nasceu da Rede Social do Centro com a missãode Unir, Fortalecer e Organizar o terceiro setor na cidade.Abraçamos todas as causas. Independentemente das entidades estarem (ou não) formalizadas. Olhamos o que estas entidades fazem de bom pela cidade.

A Rede Social de Osasco é formada por pessoas como eu e você. Organizadas das mais diferentes formase que atuam com (ou sem) a participação do poder público. O que elas têm em comum? Um espírito cívicoque as leva atrabalhar pelo bem da nossacidade. Hoje, já temos 180 pessoas que fazem parte da Rede Social de Osasco e temos ainda outros grupos na cidade de São Paulo, Carapicuíba e Jandira. É incrível tudo o que já fizemos e o que ainda está por vir - são doações diárias.
É tambéminteressantedescobrir como tudo isso começou. Todas as ONGs que hoje fazem parte da Rede Social de Osasco se organizaram num evento chamadoMutirão do bem. O primeiro aconteceu em fevereiro de 2016 e o segundo em junho.O terceiro vai acontecer em novembro deste ano. Aguarde.

Levamos para a periferia diversão, cultura, saúde, esporte, lazer e cidadania para mais de 16 mil pessoas. Pode parecer pouco, mas este número representa 2,29% da população de Osasco de acordo com os últimos números do IBGE. De cada cem pessoas que moram em Osasco pelo menos duas estiveram lá. Foi da união de todas as entidades que surgiu a Rede Social de Osasco.

Sim, as ONGs fazem muito pela nossa cidade e com pouco recurso. Vamos utilizar este espaço para falar sobre otrabalho delas. Como já colocamos, só vamos trazer notícias boas. Nosso objetivo é fazer comque o Bem vire moda.Fortalecer o terceiro setor a exemplo do que já acontece nos países desenvolvidos. Você sabia que na Holanda, por exemplo, existe um Fundo Nacional para o terceiro setor? Lá, se você quer trabalhar para o terceiro setor, nem precisa ter CNPJ para conseguir um auxílio financeiro. 

O advogado Rafael Alves dos Santos, representante da Rede Social de Osasco costuma convidar as pessoas para fazer parte doprojeto de maneira inusitada.“Não vou te convidar para fazer parte de um movimento, estou te convidando para fazer parte de uma revolução!”, explica Rafael.

Por fim, queremos convidar você e todos os seus amigos para conhecer os projetos que fazem parte da Rede Social.Acesse a nossa página do Facebook. Se você tem um projeto social aqui em Osasco ou região, entre em contato conosco e faça também parte desta revolução.

Rede Social de Osasco
EMAIL:redesocialdeosasco@gmail.com ou advras@gmail.com
FACEBOOK: /redesocialdeosasco
INSTAGRAM: @redesocialdeosasco
RAFAEL ALVES: (11) 97633 2384 
 
Cassio Henrique Utiyama é jornalista, pós-graduado em gestão de comunicação organizacional e Relações Públicas e também fundador da MOUX.com.br – empresa especializada em marketing de conteúdo, soluções web e mobile

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style