Sábado, 21 de Outubro de 2017

Política


09/10/2017 - 00:00 - Atualizado em 09/10/2017 - 00:00

Rogério Santos pede unidade dos Bombeiros na Zona Norte

"Se vier a acontecer algum problema na Zona Norte em momentos de trânsito intenso, o prejuízo será muito grande. Um acidade poderia se tornar ainda mais grave", disse
Por Leonardo Abrantes
Osasco

(politica@webdiario.com.br)
 
A Câmara de Osasco aprovou na última sexta-feira, 6, em caráter definitivo o Plano Plurianual (PPA) para o quadriênio 2018-2021, com o plano de intenções da prefeitura para os próximos quatro anos. Além das pretensões de Rogério Lins (PODE), os vereadores ainda aprovaram a inclusão de 12 emendas ao projeto. Uma delas, de autoria do vereador Rogério Santos (PODE), prevê a construção de uma unidade do Corpo de Bombeiros na Zona Norte de Osasco até 2021.

Ao Diário da Região, o parlamentar defendeu sua emenda. Para ele, a construção de mais uma unidade do Corpo de Bombeiros atenderia a demanda da Zona Norte, principalmente, em horários de pico. O parlamentar vê prejudicada a atuação dos bombeiros em horários de grande movimento por conta do deslocamento da zona Sul, onde fica instalado o Corpo de Bombeiros, para a zona Norte. “Nossa preocupação é que a cidade toda seja atendida. Hoje nós temos a unidade da zona Sul e nossa preocupação é com os horários de pico. Se vier a acontecer algum problema na Zona Norte em momentos de trânsito intenso, o prejuízo será muito grande. Um acidade poderia se tornar ainda mais grave”, revelou Rogério Silva.

Rogério Santos disse acreditar que sua emenda será aceita por Rogério Lins, já que a proposta foi uma das promessas de campanha do prefeito, apresentado à Justiça Eleitoral durante a eleição municipal do ano passado. No entanto, o vereador sabe que a instalação de mais uma unidade do Corpo de Bombeiros em Osasco necessita do aval do governo do estado. “Aí vai do diálogo. Existe a intenção do estado em investir na região, porque o bombeiro não é só de Osasco. Também podemos criar uma comissão de vereadores para dialogar com o governo do estado, mas se essa emenda for aceita pelo Executivo, dará o suporte para a instalação e manutenção dessa unidade. Ainda não é o ideal, mas já seria o suficiente para eles se manterem”, garantiu. 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style