Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Polícia

11/10/2017 - 19:25

Dise "intercepta" 30 kg de drogas que viriam do Jabaquara para Osasco

Droga seria distribuída na favela do Rochdale. Traficante tem várias passagens pela polícia e estava em liberdade condicional
Por Erica Celestini e Maranhão
Osasco

Dise

Dise (Foto: Divulgação)
(policia@webdiario.com.br)

Policiais da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) de Osasco tiraram de circulação 30 quilos de maconha que viriam do bairro do Jabaquara, em São Paulo, direto para uma favela no Rochdale. Um homem, de 32 anos, foi preso em flagrante enquanto negociava a entrega da droga, em um bar próximo ao terminal de ônibus do bairro. A equipe da Dise chegou até ele a partir de investigações sobre o abastecimento de entorpecentes na cidade. Ao ser abordado, o suspeito, que tem várias passagens pela polícia e estava, inclusive, em liberdade condicional há menos de um mês, não portava nada de ilegal. Mas, em vistoria a seu carro, um Clio, os policiais encontraram 26 tabletes de maconha, pesando cerca de 30 quilos. “O objetivo da Dise é justamente identificar os fornecedores de droga para o município. Então, consideramos essa ação muito exitosa. Mas as investigações continuam. Ele era o intermediário entre o chefe e o ponto de venda. Agora, vamos atrás de quem fornecia a droga para ele”, explica o delegado Igor Alves Guedes de Oliveira, operacional da Dise. Ainda segundo ele, o prejuízo, para o tráfico, foi grande. Cada tijolo de maconha, com aproximadamente 1 quilo, vale, no mercado negro, entre R$5mi e R$8 mil.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style