Sábado, 21 de Outubro de 2017

Polícia

11/10/2017 - 19:26

Passeio até cachoeira com carro roubado termina na delegacia

Flagrados, ladrões, que estavam com as namoradas, tentaram fugir da polícia, mas ficaram "presos" no trânsito de Itapevi
Por Erica Celestini e Maranhão
Osasco

Carro roubado

Carro roubado (Foto: Divulgação)
(policia@webdiario.com.br)

Uma semana após terem roubado um Siena, durante assalto e mão armada, em Carapicuíba, dois rapazes de 20 anos resolveram fazer um passeio - com mais três garotos -  a bordo do veículo, até uma cachoeira, em Itapevi. Mas o “rolezinho” terminou na delegacia. Quando seguiram pela estrada Renê Benedito da Silva, o veículo foi reconhecido por uma equipe da Rocan (policiamento de motos) do 20º Batalhão, devido ao registro do roubo. Os soldados Andrade e Ruas, que vinham em sentido contrário, passaram sobre o canteiro e deram sinal de parada, mas o motorista acelerou. Foi iniciada então uma perseguição, com reforços de outras motos, até o que o Siena ficou “preso” em um congestionamento, no acesso à avenida Presidente Vargas, no Centro de Itapevi. “Eles foram abordados e, em nova verificação da placas, confirmamos o registro do roubo. Levamos todos para a delegacia e entramos em contato com o proprietário, que reconheceu os dois rapazes como autores do assalto. Já as garotas, embora tenham ficado assustadas com a abordagem, sabiam que o carro era roubado”, conta o soldado Ruas. Ainda segundo ele, os dois suspeitos tinham passagens anteriores, quando eram menores de idade, pela polícia. Um deles por roubo de carro e outro por tráfico de drogas. “Além disso, eles têm várias tatuagens ligadas a facções criminosas e também de figuras de palhaços, o que representa, no mundo do crime, que são matadores de policiais”, completa.  O assalto aconteceu na avenida Brasil, em Carapicuíba, onde também moram os dois acusados.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style