Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017

Política


11/10/2017 - 19:45

Vereador ressalta que está "aberto ao diálogo" com críticos

Daniel Matias também defende direito de expressão e diz que nunca ofendeu a comunidade LGBT, que o acusa de "incitar o ódio"
Por Leonardo Abrantes
Osasco

Daniel Matias

Daniel Matias (Foto: Luciano Benazzi)
(politica@webdiario.com.br)

Acusado por representantes e simpatizantes do movimento LGBT  de “incitar o ódio”, após ter criticado, na Câmara Municipal, um convite, elaborado pela Secretaria da Cultura da Prefeitura de Osasco para evento com artistas, trazendo imagens do super-heróis Batman e Superman se beijando, o vereador Daniel Matias  defendeu seu direito de expressão e afirmou que nunca ofendeu o público LGBT.

Alvo de protesto na sessão da terça-feira da Câmara Municipal, por manifestantes do movimento, ele também disse estar aberto ao diálogo. “A questão aqui não é pessoal. Parece que é uma coisa pessoal e tem um grupo que quer inflamar para que a gente possa ter Palmeiras contra Corinthians aqui na Câmara, mas não é essa minha intenção”, afirmou.

“Fiz um comentário que não direcionei a pessoa alguma. Fiz uma crítica em relação a uma postagem que não acho pertinente. Não fiz menção a pessoas. Fiz uma crítica à instituição Secretaria da Cultura. A manifestação é importante. Todos têm direito, mas a gente precisa saber se manifestar. Não pode pedir respeito desrespeitando os outros. Meu gabinete está aberto para fazermos essa discussão”, completou o parlamentar.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style