Domingo, 19 de Novembro de 2017

Cotidiano


09/11/2017 - 00:00 - Atualizado em 09/11/2017 - 00:00

Saúde adota prontuário eletrônico

Lins sancionou projeto de lei de Paula
Por Da redação
Osasco

Lins sancionou projeto de lei do vereador De Paula (foto)

Lins sancionou projeto de lei do vereador De Paula (foto) (Foto: Luciano Benazzi)
(cotidiano@webdiario.com.br)

A rede municipal de Saúde de Osasco adotou, oficialmente, o prontuário eletrônico do paciente. Na prática, isso significa que cada pessoa que for atendida nas unidades públicas terá seu “histórico”, com atendimentos e resultados de exames, digitalizado, para acesso dos profissionais.  A implantação está prevista no projeto de lei 179/2017, de autoria do vereador De Paula, que foi aprovado pela Câmara Municipal e sancionado, na última terça-feira, pelo prefeito Rogerio Lins. Mas a lei, embora determine a adoção, não traz prazos para que o sistema comece a vigorar. Ela prevê que o prontuário será identificado pelo número do Sistema Único de Saúde (SUS) do paciente. Caso a pessoa não tenha esse registro, ele será fornecido no primeiro atendimento.  Além disso, o envio dos dados só será permitido com autorização eletrônica de profissionais que também estejam cadastrados no SUS.  Hoje, parte da rede já adota o prontuário eletrônico.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style