Domingo, 19 de Novembro de 2017

Esportes


09/11/2017 - 00:00 - Atualizado em 09/11/2017 - 00:00

Osasco busca a reabilitação

Equipe encara o Brasília, no ginásio Liberatti, às 21h30
Por Da redação
Osasco

(esportes@webdiario.com.br)

Após sofrer sua primeira derrota na Superliga, na rodada passada, diante do Fluminense, é em busca da reabilitação que o Nestlé/Osasco entra em quadra nesta sexta-feira. Pela 6ª rodada da competição, a equipe recebe no ginásio José Liberatti, às 21h30, o Brasília.  E quer fazer valer o fator casa ,já que está invicto há 24 partidas de Superliga em seu ginásio.  “É sempre difícil assimilar um resultado negativo, ainda mais quando se abre 2 sets a 0, como fizemos no Rio. Mas precisamos usar as lições que a adversidade traz para nos fortalecer. É o que pretendemos fazer a partir do jogo desta sexta-feira. Vamos entrar em quadra concentradas e motivadas para jogar bem e vencer”, explica a levantadora Carol Albuquerque. A sérvia Ninkovic segue a mesma linha. “Foi duro, mas vamos superar e crescer cada vez mais na Superliga”.

Já o técnico Luizomar lembra que o time ainda está em formação.  “Nossa equipe foi se montando aos poucos, com as atletas chegando em diferentes momentos. E desenvolver esse entrosamento, as relações de bloqueio e defesa, linha de passe, ataque e saque leva tempo. Mas confio na força desse grupo e sei que temos uma margem grande de crescimento ao longo da competição”, afirma. Outro ponto a favor do time é ser poder ofensivo. Osasco  tem o ataque mais positivo da competição, com 506 pontos anotados em cinco partidas. Com a derrota na rodada passada, o time caiu para 3º lugar na classificação. Já o Brasília é o 9º colocado.  Em cinco partidas disputadas, Brasília ganhou três e perdeu duas. A liderança geral é do Dentil Praia Clube, seguido pelo Sesc/Rio de Janeiro. Os dois times estão invictos no torneio, mas as mineiras lideram porque ainda não perderam nenhum set na competição.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style