Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Esportes


16/11/2017 - 00:00 - Atualizado em 16/11/2017 - 00:00

Cavalo defende Oeste conservador

Time mais defensivo empatou com Inter e se afastou do G4
Por Leonardo Abrantes
Barueri

Cavalo defende Oeste conservador

Cavalo defende Oeste conservador (Foto: Luciano Benazzi)
(esportes@webdiario.com.br)

O Oeste terminou a 36ª rodada a 2 pontos do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, mesma distância que o separava do grupo de classificação à Série A antes de entrar em campo. Mas o que era para ser visto como um fator positivo, no final, não é tão bom quanto parece. Restando apenas duas rodadas para o final da competição, o Oeste foi ultrapassado pelo Londrina e caiu para a 6ª colocação. Tudo isso poderia ter sido evitado se o Rubrão tivesse vencido o Internacional na última terça-feira, 14, na Arena Barueri. Mas o “respeito” impediu a façanha.
Contra o Colorado, mesmo precisando da vitória, Roberto Cavalo mandou a campo uma equipe repleta de volantes e sem um centroavante de origem. Ele defende a escolha que fez. Com os resultados da rodada, caso o Oeste tivesse vencido o Internacional, estaria hoje na 4ª colocação, mas com o empate caiu para 6º com 58 pontos.

“A ideia foi colocar em campo o time que mais ganhou no campeonato. Foi a formação com a qual mais fizemos pontuação. Mas tivemos chance de vencer, em momento algum o Inter nos pressionou”, justificou ele. Questionado se o Oeste respeitou demais o time do Inter, Cavalo valorizou a força da equipe gaúcha, mesmo com a crise instaurada no Beira-Rio após a demissão do treinador Guto Ferreira nas vésperas do confronto contra o Rubrão. Com o empate na Arena Barueri, o Internacional chegou ao 5º jogo seguido sem vitória na Série B e, ainda assim, garantiu o retorno a Série A.

“A gente tem que respeitar mesmo porque o Inter é o diferencial na Série B. Nós não tínhamos dúvida que esse time ia subir. O Inter tem um elenco de qualidade com Leandro Damião, Camilo e D’alessandro, por exemplo, mas a nossa proposta era de vencer”, opinou.
Apesar da situação na tabela, Cavalo diz acreditar na classificação do Oeste. Agora, o time não depende apenas de si para chegar à Série A. O Rubrão precisa vencer, a começar pelo ABC (RN) na próxima rodada, e torcer por tropeços de Paraná e Londrina, 4º e 5º colocados, respectivamente. Com 55 pontos, o Vila Nova (GO), 7º, também tem chances de classificação.

“É possível, mas dependemos de outros times. Sabemos que teremos dificuldade, precisamos respeitar o ABC e temos que buscar a vitória lá para seguirmos sonhando”, finalizou Cavalo.  

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style