Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Cotidiano


29/11/2017 - 00:00 - Atualizado em 29/11/2017 - 00:00

Osasco e Barueri sofrem queda no total de repasse do ICMS

Por Erica Celestini
Região

(cotidiano@webdiario.com.br)

Osasco e Barueri perderam espaço, no cenário estadual, na hora da divisão do “bolo” do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para o próximo ano. As duas cidades registraram queda no Índice de Participação dos Municípios (IPM), índice apurado anualmente pela Secretaria Estadual da Fazenda e que é usado para o cálculo do repasse do tributo para as prefeituras. A lista mais recente, divulgada esta semana pela Fazenda e que vale para os cálculos de 2018, aponta que, em Barueri, o índice de participação caiu 1,65% em relação ao deste ano. Já em Osasco, a queda foi de 1,44%. Outras duas cidades da região também vão receber fatias menores do ICMS no próximo ano: Pirapora (0,22%), Parnaíba (0,45%). Em outras quatro cidades, por outro lado, houve alta no IPM, o que vai significar mais recursos em 2018. Itapevi liderou o crescimento, com 10,73%. Nas demais, o aumento foi menor: 1,91% em Carapicuíba, 0,89% em Cotia, 0,21% em Cotia e 0,45% em Parnaíba.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style