Domingo, 16 de Dezembro de 2018

Cotidiano


12/01/2018 - 00:00 - Atualizado em 12/01/2018 - 00:00

Macacos não transmitem a febre amarela, alerta o Ministério da Saúde

Os animais representam apenas um alerta às autoridades quanto à incidência da doença em áreas silvestres
Por Da redação
Região

(cotidiano@webdiario.com.br)

O fechamento de parques no entorno de São Paulo, em decorrência da morte de macacos com febre amarela, levantou a dúvida se este animal pode ou não transmitir a doença às pessoas. A resposta é negativa. Os animais representam apenas um alerta às autoridades quanto à incidência da doença em áreas silvestres, porque são vulneráveis ao vírus, e ajudam a elaborar ações de prevenção da doença em humanos, explica o Ministério da Saúde. Assim como a dengue, a febre amarela é um vírus transmitido por um mosquito. Na verdade, três: Haemagogus e Sabethes, que propagam a doença nos meios rurais e silvestres, e o Aedes aegypti, transmissor nas zonas urbanas.
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style