Sexta-Feira, 23 de Fevereiro de 2018

Polícia

23/01/2018 - 00:00 - Atualizado em 23/01/2018 - 00:00

Suspeito de atropelar e matar ciclista, em Osasco, diz que dormiu ao volante

Por Da redação
Osasco

Suspeito prestou depoimento

Suspeito prestou depoimento (Foto: reprodução/Globo News)
(policia@webdiario.com.br)
 
A Polícia Civil identificou o motorista que atropelou e matou um ciclista, na altura do KM 18 da Rodovia Anhanguera, sentido interior, em Osasco, na manhã do último domingo, 21.
 
Aos policiais, o suspeito contou que voltava de um baile funk, em Paraisópolis, com mais três passageiros: um amigo, que é o proprietário do Fiat Palio branco envolvido no acidente, estava no banco do carona e duas mulheres, no assento de trás.
 
Ele disse que dormiu ao volante e só acordou com o barulho do atropelamento. Além disso, confessou que não parou para prestar socorro porque ficou com medo de ser linchado.
 
O motorista foi indiciado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, e omissão de socorro. Ele prestou depoimento e foi liberado. De acordo com a delegada Juliana Ribeiro, ainda não cabe a prisão.
 
A policial aguarda imagens de câmeras de segurança da concessionária da rodovia e o resultado de laudo pericial do local do atropelamento. “Não temos a dinâmica do acidente, os detalhes”, disse, acrescentando que as novas evidências podem até mudar o indiciamento.
 
O ciclista, de 46 anos, estava treinando para uma prova de ciclismo, que acontece no próximo final de semana, quando aconteceu o atropelamento. O capacete que a vítima usava ficou totalmente destruído. A vítima foi arremessada a uma altura de 4 metros e caiu na frente do amigo que treinava com ele.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style