Sábado, 23 de Junho de 2018

Cotidiano


26/02/2018 - 00:00 - Atualizado em 26/02/2018 - 00:00

Rogério Lins inaugura farmácia de remédios de alto custo e controlados no Centro de Osasco

Unidade funciona na avenida João Batista e tem capacidade para 700 atendimentos por dia. Ela também vai passar a entregar medicamentos de uso contínuo ainda este ano. Além disso, funciona como central para entrega de remédio na casa de 1,5 mil pacientes
Por Da redação
Osasco

Prefeito inaugurou a farmácia nesta segunda-feira

Prefeito inaugurou a farmácia nesta segunda-feira (Foto: Maranhão)
(cotidiano@webdiario.com.br)

Foi inaugurada nesta segunda-feira, pelo prefeito Rogério Lins, a nova farmácia para entrega de medicamentos na rede municipal de saúde de Osasco. Localizada na avenida João Batista, ela unifica os serviços prestados por duas farmácias de distribuição da rede: a da Policlínica da Zona Norte, onde é feita a entrega dos medicamentos de alto custo; a do CAPS, que entrega os controlados. Durante a inauguração, Lins explicou ainda que o próximo passo é trazer, para a farmácia unificada, os serviços da Policlínica da Zona Sul, onde é feita a dispensação de  medicamentos de uso contínuo.

Além disso, a unidade é a central a partir da qual serão entregues, em domicílio, medicamentos a 1,5 mil pacientes da rede que têm algum tipo de dificuldade de locomoção, incluindo deficientes e idosos. Outro serviço previsto para entrada em vigor, ainda este ano, será o sistema de agendamento para os atendimentos. Ainda segundo Lins, o objetivo de instalar a nova farmácia na região central de Osasco é facilitar o acesso à população, já que a área está no trajeto da maioria das linhas de ônibus da cidade.

“Além disso, aqui o atendimento será com conforto e qualidade. Muito me incomodava passar próximo à Policlínica Zona Norte e ver pessoas na fila a partir das 5h30 da manhã”, lembrou. O prefeito não descarta ainda a implantação de farmácias do mesmo gênero nas zonas Norte e Sul da cidade. “Mas, primeiro, vamos acompanhar o atendimento aqui. Temos capacidade para atender 700 pessoas por dia”, completou. Já o secretário da Saúde, José Carlos Vido, destacou que outra meta é garantir a abertura aos sábados, o que deve acontecer em breve. E destacou a redução da espera. “No caso dos medicamentos controlados, a espera é de 10 minutos.  Já nos de alto custo, que são repassados pelo Estado, é de uma hora”, ressaltou. 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style