Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018

Cotidiano


13/03/2018 - 00:00

Cidades da região terão pacotes de Internet mais baratos para as famílias de baixa renda

Osasco, Barueri, Itapevi, Carapicuíba, Jandira, Pirapora, Cotia e Parnaíba assinaram convênio do programa federal Internet para Todos. Antenas começam a ser instaladas em maio. Em Osasco, serão 24 pontos, além de escolas e unidades de saúde, segundo o prefeito Rogério Lins
Por Erica Celestini
Osasco

Internet mais barata

Internet mais barata (Foto: Divulgação)
(cotidiano@webdiario.com.br)

As cidades da região Oeste – Osasco, Carapicuíba, Barueri, Cotia, Jandira, Itapevi, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus – estão entre os 2,4 mil municípios brasileiros que firmaram parceria, com o governo  federal, para o programa Internet Para Todos. O objetivo é oferecer pacotes de assinatura a preço reduzido de acesso a Internet, por banda larga, a famílias de baixa renda. 

A meta é também atender locais que hoje não são abrangidos pelas empresas privadas que oferecem esse tipo de serviço.  Após a assinatura da adesão, a previsão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação  é que os primeiros municípios beneficiados recebam a partir de maio as antenas que permitirão a conexão. O Ministério espera que sejam instaladas 200 antenas por dia. Os municípios beneficiados nesta primeira fase do Internet para Todos começarão a receber as antenas em maio.

A operação será feita pela empresa Viasat, dos Estados Unidos, que foi contratada pela Telebras. O termo de adesão assinado pelos prefeitos define a infraestrutura básica e as condições para a participação dos municípios no programa. As prefeituras devem indicar onde serão instaladas as antenas para distribuição do sinal de Internet, além de garantir a segurança da área e arcar com as despesas de energia elétrica.  A conexão será viabilizada pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégias (SGDC), em órbita desde maio do ano passado. 

Também por meio do sinal do satélite será possível levar internet banda larga a 7 mil escolas públicas em 2018, além de implantar internet em hospitais e postos de saúde. Em Osasco, segundo postagem feita pelo prefeito Rogério Lins, que participou do evento, serão 24 pontos atendidos. “Eles contemplados com conexão de qualidade e barata, além de todos os equipamentos público  da cidade”, completou. 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style