Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018

Cotidiano


13/03/2018 - 00:00

Cresce número de pessoas que conseguem limpar o nome na região

Por Redação
Osasco

Divida

Divida (Foto: Divulgação)
(cotidiano@webdiario.com.br)

O ano de 2018 começou com tendência de alta na recuperação de crédito em Osasco e cidades vizinhas. O número de pessoas que conseguiu limpar o nome na praça cresceu 1,2%, no município, em janeiro, em comparação a igual período do ano passado. Já em toda a região Oeste, a alta foi de 1,4% nesse período.

Esse índice repetiu a tendência registrada no Estado, que foi de elevação de 1,4% e ainda superou a média nacional, que ficou em 0,3%. Já a comparação entre janeiro deste ano e igual período de 2017, os dados de recuperação de crédito diferem bastante.

Em Osasco, o número de pessoas que limpou o nome caiu 2,8%. Na região, ficou praticamente estável, com alta de 0,1%. No estado, houve alta de 3,9%. E, na média nacional, baixa de 1,1%. Os dados são da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), que também mediu a inadimplência nessas quatro regiões.

Em Osasco, os calotes baixaram 0,1% entre janeiro deste ano e dezembro do ano passado, enquanto na região ficaram estáveis. No estado, a baixa foi de 0,2%. E, no País, de 0,6%. Já na comparação anual, o índice de inadimplência baixou 5,8% em Osasco e 4,7% na região. Com isso, superou as médias do Estado, com baixa de 2%, e do País, de 3,8%.

O indicador de registro de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas. Já o indicador de recuperação de crédito é elaborado a partir das exclusões de registros informadas à Boa Vista SCPC pelas empresas credoras.  

Outra pesquisa, desta vez realizada pela Fecomercio e também divulgada esta semana, aponta que o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) atingiu o maior patamar desde janeiro de 2014, ao registrar alta de 3,5%, passando de 110,7 pontos em janeiro para 114,6 pontos em fevereiro. Na comparação com o mesmo mês de 2017, o ICEC avançou 23,6%, quando marcava 92,7 pontos.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style