Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018

Cotidiano


13/04/2018 - 00:00

Estudante de Osasco está no Parlamento Jovem Paulista

Por Redação
Osasco

Parlamento Jovem Paulista

Parlamento Jovem Paulista (Foto: Divulgação)
(cotidiano@webdiario.com.br)

Osasco vai ganhar uma nova representante na Assembleia Legislativa. Mas, desta vez, como membro do Parlamento Jovem, projeto que “elege”, entre os alunos da rede estadual de ensino, jovens deputados, que passarão dois dias atuando no Legislativo.  A edição de 2018 acontece nos dias 26 e 27 de abril. E aluna Dhâmarys Biara de Oliveira Santos, que mora na cidade de Osasco e frequenta a escola estadual Professor Armando Gaban, no Jardim Conceição, está entre os convocados, após criar a proposta de Projeto de Lei para a Criação de um Programa de Orientação e Encaminhamento Clínico para Alunos (as) com Dependência Química. Segundo a jovem, de 16 anos, foi a observação do entorno que levou à ideia do projeto, pois quando o estudante chega no Ensino Médio percebe que várias pessoas ao redor passam por problemas com drogas. Para ela, “os pais ou responsáveis procuram ajuda na escola, mas nem sempre a unidade escolar consegue ajudar”.

“Infelizmente, esse problema chegou a um nível em que os alunos não escondem a situação de ninguém. Fazem, muitas vezes, questão de deixar claro que são mais ‘descolados’, e não caretas. Mas, como em toda a sociedade, acaba se tornando algo descontrolável que leva desconforto aos amigos e sofrer aos parentes. O pai e a mãe dos dependentes químicos, muitas vezes, não sabem como resolver o problema”, completa.

A jovem parlamentar conta que tem muitos amigos nessa situação. Não só na escola, mas na vila onde mora e em outros ambientes sociais. Foi então que o professor de História José Sebastião Rodrigues entrou na jogada. Ele a ajudou na orientação do projeto de lei, por se tratar de um documento que demanda uma linguagem específica. “Primeiro, tive que elaborar os artigos, e depois uma justificativa sobre o meu projeto. Antes de encaminhar o projeto peguei a autorização dos meus pais e depois fiz o cadastro”, conta a estudante.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style