Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018

Esportes


13/04/2018 - 00:00

Meninas do Audax/Unip buscam a primeira vitória

Por Redação
Osasco

Audax feminino

Audax feminino (Foto: Divulgação)
(esportes@webdiario.com.br)

O Audax/Unip entra em campo neste domingo, às 15 horas, no Rochdalão, para encarar o Rio Preto pela terceira rodada do Campeonato Paulista de Futebol Feminino. As meninas estão em busca da primeira vitória no torneio estadual. Em dois jogos disputados até o momento, somam uma derrota e um empate. Embora os resultados não tenham sido os melhores, o técnico da equipe, Maurício Salgado, elogia o desempenho de suas atletas e acredita em reviravolta da equipe na competição  já a partir do duelo deste domingo.  "Já era do nosso conhecimento que teríamos algumas dificuldades por ser equipe jovem e totalmente reformulada. Por isso, o desempenho está dentro do planejamento.

O  elenco tem muito potencial e vamos buscar essa classificação na primeira fase, fazer bom jogo no domingo, impor o nosso futebol para depois lutar por algo maior no momento decisivo", analisou o treinador.  Salgado também destaca o equilíbrio entre os times do torneio. "A tendência é que teremos muitos percalços pela frente. Os clubes estão em bom nível. Antigamente, apenas duas ou três equipes brigavam pelos títulos, tanto no Paulista como no Brasileiro. Agora, todas estão em um mesmo patamar. E temos todas as condições de fazer uma boa campanha, com o potencial das nossas atletas", finalizou o treinador. 

Com apenas um ponto ganho, o Audax é o lanterna do Grupo  1 da competição.  O líder é a Ferroviária, que já soma 4. Já o adversário deste domingo, é o vice-líder, atrás apenas nos critérios de desempate. O São José soma uma vitória e um empate até agora no Paulistão.
 
Osasquense é 6º colocado

O osasquense Vagner da Silva Noronha, morador do Jardim Piratininga, foi o 6º colocado na 24ª edição da Maratona Internacional de São Paulo, realizada no último domingo, na Capital. Ele completou a prova, de 42 quilômetros, 2 horas e 21 minutos. A corrida terminou com a vitória de dois brasileiros, no masculino e no feminino. Solonei Silva ficou com o bicampeonato da com o tempo de 2h15, e a estreante, Andréia Hessel ficou em primeiro lugar entre as mulheres com 2h40. Noronha é um dos melhores fundistas. Já foi vice-campeão da  Maratona Internacional de São Paulo em 2015, quando também foi o melhor entre os brasileiros. Embora tenha nascido em Caetés, interior de Pernambuco, adotou Osasco para morar e foi na cidade que iniciou sua carreira.
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style