Domingo, 16 de Dezembro de 2018

Política


16/04/2018 - 00:00

Em 72 dias, vereadores aprovam 124 moções

No mesmo período, foram aprovados 18 projetos na Câmara de Osasco. Pauta está travada com projetos de interesse da população aguardando votação desde o início do ano, enquanto maioria dos vereadores gasta tempo das sessões com placas e títulos de cidadão
Por Juliana Oliveira
Osasco

Câmara de Osasco realiza próxima sessão na terça-feira

Câmara de Osasco realiza próxima sessão na terça-feira (Foto: divulgação)
Se por um lado a Câmara de Osasco vem apresentando baixa produtividade, pauta travada com projetos de interesse da população aguardando votação desde o início do ano, por outro, os vereadores estão se especializando em aprovar moções, foram 124 até agora. Nesses 72 dias, os parlamentares só conseguiram votar 8 vetos do prefeito Rogério Lins (PODEMOS) e 18 projetos, sendo 9 do Executivo.

Na terça, 10 uma movimentação no plenário da Casa de Leis indicava que a pauta começaria a ser esvaziada, com a aprovação de 8 projetos, sendo 5 deles de homenagens com placas e medalhas, porém na quinta, 12, os pares voltaram ao hábito e aprovaram apenas 12 moções.Ao longo dos dias, vários foram os motivos que travaram a pauta, entre eles cancelamento e encerramentos das sessões antes do horário, além da falta de quórum em plenário.

Os projetos do prefeito foram priorizados, como o abono dos médicos, quatro projetos que cortaram 150 cargos de quatro secretarias, a de Relações Institucionais, que também muda de nome, para Secretaria de Governo, e ainda as de Comunicação Social; Esportes, Recreação e Lazer e Planejamento e Gestão; além do projeto que prevê a criação de 3.070 cargos de professores. Também passaram em plenário, o título de cidadã da deputada federal, Renata Abreu (PODEMOS), a liberação de cão guia em espaços públicos, cadastro dos motoboys e a criação de feiras típicas regionais na cidade.

Já na terça-feira, dia 10, uma movimentação na Câmara indicava que os parlamentares poderiam começar a limpar a pauta com a aprovação de 8 projetos, 5 deles de homenagens. De autoria de Elissandro Lindoso (PSDB) foram duas Medalhas Raposo Tavares para Edson Francisco da Silva e o Bispo Samuel Ferreira e duas Placas Comemorativas para a Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira Osasco; além de um título de Cidadão Osasquense ao Tenente Coronel da Polícia Militar Jayro da Silva Léo, do tucano De Paula. Na mesma sessão, também foram aprovados em segunda discussão, o projeto da vereadora Lúcia da Saúde (PSDC), sobre a obrigatoriedade da vacinação contra tétano e hepatite B para manicures, pedicures, podólogos e tatuadores da cidade; a criação do Dia Municipal dos Catadores de Materiais Recicláveis, proposto por Alex da Academia (PDT); e a denominação da Rua Flor de Margarida, Setor Militar. Porém na quinta, os vereadores voltaram ao hábito e votaram somente as moções de aplauso, solidariedade, agradecimento, apoio e inconformismo. 
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style