Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018

Cotidiano


04/06/2018 - 00:00 - Atualizado em 04/06/2018 - 00:00

Greve faz prefeitura abonar atraso e falta de servidores

Por Redação
Osasco

Greve faz prefeitura abonar atraso e falta  de servidores

Greve faz prefeitura abonar atraso e falta de servidores (Foto: Imagem ilustrativa )
(cotidiano@webdiario.com.br)

Os funcionários da Prefeitura de Osasco que chegaram atrasados ou não foram ao trabalho, entre os dias 28 e 30 de maio, devido a problemas no transporte público e falta de combustíveis, causados pela greve dos caminhoneiros, não sofrerão desconto nos salários.

O abono está previsto a portaria 1248, publicada na edição do dia 30 da Imprensa Oficial da Prefeitura de Osasco. Mas o abono só vai valer, tanto no caso de atrasado quanto de faltas, se for autorizado pelo secretário da pasta onde o servidor atua, mediante apresentação de justificativa. “O benefício será precedido de justificativa do funcionário prejudicado e avaliado por seu secretário e, em caso de deferimento, será encaminhada justificativa ao Departamento de Administração Pessoal”, completa a portaria.

A greve dos caminhoneiros durou 10 dias. Em decorrência da paralisação, houve falta de combustível em todos os postos da cidade e ainda da Grande São Paulo. Além disso, as linhas municipais de ônibus circularam com 20% da frota reduzida na cidade. Nas linhas intermunicipais, o corte foi de 30%. Os dias citados na portaria foram considerados os mais críticos em relação à falta de combustíveis.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style