Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018

Esportes


12/06/2018 - 00:00 - Atualizado em 12/06/2018 - 00:00

Jaqueline deve voltar a ser ponteira na seleção

Por Da redação
Barueri

(esportes@webdiario.com.br)

Com a lesão de Drussyla, que deve ficar quatro semanas fora das quadras, a seleção brasileira está desfalcada de uma ponteira na Liga das Nações. Como uma “seleção B” já está formada para a disputa da Copa Pan-Americana, que acontece simultaneamente, o técnico José Roberto Guimarães ficou sem muitas opções de substituição no torneio. E deve optar por uma solução “caseira”. Embora muitos torcedores tenham apostado nas convocações de Mari Paraíba, que renovou com o Vôlei Osasco Audax, e de Bruna, quem deve ficar com a vaga é a veterana Jaqueline. Ela já está escrita na competição, mas como líbero, posição que assumiu na próxima Liga das Nações, a convite de Zé Roberto. Mas tem ficado no banco. A titularidade é de Suelen.

Com isso, deve voltar ao ataque no lugar de Drussyla. Jaqueline sempre atuou como ponteira-passadora e eu último clube foi justamente o Hinode/Barueri, também comandada pelo técnico José Roberto Guimarães. Quem divulgou a informação da volta da jogadora à posição original, com a camisa da seleção, foi o jornalista Bruno Voloch, que mantém um blog especializado em vôlei no site do Estadão. Segundo ele, Jaqueline viajará nos próximos dias para o Japão onde a seleção irá se preparar para a fase final da competição, que acontece entre os dias 27 de junho e 1 de julho em Nanjing, na China.

A vaga foi garantida ainda nesta terça-feira, quando o Brasil ganhou da Bélgica, garantindo a classificação antecipada.  Em paralelo à Liga das Nações, o Brasil disputa a Copa Pan-Americana entre os dias seis e 15 de julho, na República Dominicana. As 17 jogadoras convocadas se apresentaram no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV) , em Saquarema, na última segunda-feira, dia 4, e treinam sob o comando de Wagner Coppini, o Wagão, auxiliar técnico de Zé Roberto. Foram chamadas as levantadoras Dani Lins, Claudinha e Juma, as opostas Ana Paula Borgo, Bruna Honório e Lorenne, as ponteiras Maira, Edinara e Kasiely, as centrais Thaisa, Mara, Lara, Milka e Fran e as líberos Tássia e Natinha. Dentre elas, Dani Lins está confirmada no Hinode/Barueri para a próxima temporada. E Lorenne acaba de renovar com Vôlei Osasco Audax. Depois desta competição, a seleção feminina, já com seu time principal, disputará outras duas competições em 2018: Montreux Volley Masters, entre os dias 4 e 9 de setembro, além do Campeonato Mundial de 29 de setembro a 20 de outubro.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style