Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018

Cotidiano


12/06/2018 - 00:00

Osasco faz festa para Santo Antônio

Celebrações do padroeiro, nesta quarta, incluem missas, benção e venda do tradicional bolo, que este ano tem mais de 30 metros, procissão e encerramento com show pirotécnico em frente à catedral. São esperados 12 mil fiéis durante todo o dia. Quermesse segue até à noite
Por Da redação
Osasco

Evento deve reunir 12 mil fieis este ano

Evento deve reunir 12 mil fieis este ano (Foto: Renato Silvestre)
Osasco celebra nessa quarta-feira, dia 13 de junho, seu padroeiro, Santo Antônio. A programação inclui um dia inteiro de eventos na Catedral, que leva o nome do santo.  A primeira missa acontece às 7 horas, seguida da benção do bolo do padroeiro, que na sequência é vendido aos pedaços. Produzido por voluntárias, o confeito terá, este ano, mais de 30 metros.

Segundo a tradição, quem leva um pedaço para casa sempre tem fartura de comida.  Já o dinheiro arrecadado com a venda é destinado às obras da igreja. Às 10 horas, acontece a missa diocesana, que será celebrada pelo bispo da Diocese de Osasco,  Dom João Bosco. A última missa do dia será  às 15 horas, seguida da procissão, que percorre trajeto incluindo a avenida Santo Antônio, ruas Salem Bechara e Primitiva Vianco, Largo de Osasco, e ruas Antônio Agu e Nossa Senhora de Fátima, retornando à catedral, onde a imagem do santo, seguida pelos fiéis, é recebida com um show pirotécnico.

Durante todo o dia, os organizadores esperam a participação de 12 mil pessoas nos festejos.  Os eventos também encerram uma programação, toda dedicada a Santo Antônio, iniciada em 1º de junho, com a trezena, em missas realizadas todas as noites. Já para a noite de terça-feira, dia 12, está marcada a celebração de levantamento do Mastro de Santo Antônio que tem 11 metros de altura e é decorado com 130 metros de fitas.  Todos os anos, essa tradição reúne fieis em frente à igreja que aproveitam a oportunidade para fazer pedidos e agradecimentos ao santo, também tido como “casamenteiro”. Já a quermesse, também na Catedral, segue durante todos os finais de semana.


Tradições

A ligação de Osasco com Santo Antônio remente ao período de sua fundação e a  Antônio Agu, imigrante italiano que fundou a então Vila Osasco. Sua família cedeu parte de sua propriedade para a construção da primeira igreja do povoado, onde hoje está a catedral de Santo Antônio. A doação da área foi viabilizada pela neta de Antônio Agu, após sua morte. E a igreja foi dedicada a Santo Antônio porque era seu santo de devoção. Já a partir da década de 20, vieram tradições que são mantidas até hoje, como a benção dos pães, que são distribuídos aos fieis, e a venda do bolo. Elas estão ligadas a duas características que marcaram a vida de Santo Antônio.

No caso do pão,  remete a uma passagem em que Santo Antônio, ainda jovem, trabalhava com um padeiro e servia refeições aos mais pobres. Um dia, ele foi procurado por um homem, preocupado com o fato de que a quantidade de pães na despensa não seria suficiente para atender a todos os necessitados. Santo Antônio mandou que ele voltasse ao local e, para a surpresa de todos, ela estava cheia de pães. Já o bolo está ligado à ideia de partilha e também da caridade

Santo casamenteiro

Santo Antônio também é conhecido como “Santo Casamenteiro”. Nesse caso, a fama está ligada a duas passagens envolvendo fieis que buscavam um casamento.  Uma delas era uma jovem que não tinha dinheiro para pagar o dote e, por isso, não teria chances de conseguir um bom marido. Sua mãe chegou a sugerir que ela se prostituísse, para conseguir dinheiro.  Mas ela se recusou e, ao rezar ao santo pedindo ajuda, viu um papel cair aos seus pés.

Era um envelope, pedindo que ela procurasse um comerciante. Ao abri-lo, ele recebeu instruções de que colocasse o papel em um dos pratos de uma balança e preenchesse  outro com moedas, até que encontrasse o equilíbrio. Quando isso acontecesse, deveria entregar todas as moedas à jovem. Ele achou graça e colocou uma primeiro. O prato, do outro lado, nem se mexeu. Só quando estava cheio de moedas é que a balança ficou equilibrada. Surpreso, o comerciante deu a boa quantidade de moedas à moça, que pode pagar seu dote e se casar.

Já a segunda história envolve um acidente. Uma moça rezava constantemente para Santo Antônio lhe enviar um bom marido. Um dia, irritada por não ser atendida, ela jogou sua imagem pela janela. Um rapaz, que passava pela rua, foi atingido. E a moça, ao socorrê-lo, acabou ganhando um marido.

Programação

7 horas – Missa com benção dos pães e do bolo de Santo Antônio
10 horas – Missa diocesana, celebrada pelo bispo Dom Frei João Bosco Barbosa de Souza
15 horas – Missa seguida de procissão
Encerramento com show pirotécnico e quermesse até as 23 horas
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style