Sábado, 21 de Julho de 2018

Política


10/07/2018 - 00:00 - Atualizado em 10/07/2018 - 00:00

Câmara aprova proposta que avisa paciente de consulta

A proposta de autoria do vereador De Paula, o projeto de lei tem como objetivo evitar o número excessivo de faltas e também diminuir a fila de espera para procedimentos médicos
Por Da redação
Osasco

Câmara aprova proposta que  avisa paciente de consulta

Câmara aprova proposta que avisa paciente de consulta (Foto: Luciano Benazzi)
(politica@webdiario.com.br)
 
Seguiu para o prefeito Rogério Lins (podemos) o projeto de lei que obriga a Secretaria da Saúde a contatar pacientes com consulta ou exame agendado na rede municipal. A proposta de autoria do vereador De Paula (PSDB) tem como objetivo evitar o número excessivo de faltas e diminuir a fila de espera para procedimentos médicos. De acordo com contato da secretaria da Saúde com o paciente poderá ser feito por meio de e-mail, mensagem de texto de celular e ligação telefônica.

O procedimento é semelhante ao adotado na rede privada de saúde em que as clínicas, às vésperas da consulta ou exame, entram em contato com os pacientes para saber se o atendimento ainda se faz necessário. Nos casos em que o paciente desista do atendimento, a unidade destina o horário para outra pessoa. Conforme a justificativa de De Paula, somente na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Portal D'Oeste, dos 3.256 atendimentos agendados no último mês de janeiro, mês anterior à elaboração do projeto, 928 pacientes faltaram. Dessa forma, 28,5% dos agendamentos na unidade foram desperdiçados. Na mesma unidade, 171 mulheres não compareceram às consultas ou exames com ginecologista.

"Quando um paciente falta à consulta ou exame, prejudica outro que realmente precisa de atendimento médico. Com esta proposta, a secretaria da Saúde pode fazer um filtro e minimizar este problema, diminuindo a fila de espera na rede municipal", afirmou De Paula.
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Vip Style