Domingo, 16 de Dezembro de 2018

Política


11/07/2018 - 00:00 - Atualizado em 11/07/2018 - 00:00

'O país está engasgado, nada, nada deslancha'

Frase é de Adilson Barroso, presidente nacional do partido Patriota, em entrevista exclusiva ao Diário da Região. Ele analisa também a atuação dos políticos, em Brasília, e as melhores maneiras do Brasil sair da crise.
Por Júlio Rezende
Osasco

'O país está engasgado, nada, nada deslancha'

'O país está engasgado, nada, nada deslancha' (Foto: Marcelo Deck)
(politica@webdiario.com.br)
 
Nascido no norte de Minas Gerais, no Vale do Jequitinhonha, na cidade de Minas Nova, Adilson Barroso foi cortador de cana, vereador vice-prefeito e deputado estadual, em vários mandatos. Ao longo de sua trajetória na vida pública filiou-se a vários partidos, até ocupar-se em fundar o Partido Ecológico Nacional (PEN), que acabou se transformando em Patriota. “Logo na primeira eleição elegemos 15 deputados estaduais e 2 federais. Por isso, nossa bandeira é a novidade.

O povo quer políticos novos, mesmo que tenham 80 anos de idade, mas que nunca esteve envolvido com a política partidária com sujeira. Aqueles que são limpos o povo reelege. O patriota tem honrado essas qualidades”, afirmou Barroso. Ele declara que possui, aproximadamente, 8,2 milhões de seguidores nas redes sociais, onde é conhecido como Ambientalista e, segundo ele, a internet terá um papel fundamental nas próximas eleições para a divulgação de candidaturas, porque agora é permitido impulsionar as publicações nas páginas digitais.

“Além de ajudar no marketing, porque tudo o que aparece, favorece, há um histórico que na cidade de São Paulo, três vereadores foram eleitos só fazendo campanha pelas redes sociais. Eles têm apenas 5% dos seguidores que tenho. Isso sem impulsionar a divulgação, porque era proibida. Agora teremos o impulsionamento, o qual fui um dos responsáveis, pois falei com o Deputado Vicente Cândido, para evitar mais propaganda de papel, viabilizando mais pela internet”, argumenta.

Questionado sobre a atuação do congresso Barroso garante que agradece a Deus por não ter ganhado a eleição de 2014 para a Câmara Federal.  “O Congresso hoje é omisso e não possui coragem para votar leis que possam salvar o povo. Muitos integrantes do congresso estão envolvidos em corrupção, mas alguns ainda se salvam. Porém, a grande maioria envergonha a Nação inteira”, assevera. Para Barroso a solução para o Brasil sair da crise passa pelo consumo interno. “Somos hoje no país 200 milhões de consumidores. Existem grandes empresas que querem muito produzir. Se déssemos condições para o brasileiro consumir, viraríamos um país de primeiro mundo, com geração de empregos pra todos.  Vivenciamos hoje uma grande mentira, porque não existem apenas 13 milhões de desempregados. As pesquisas não consideram desempregados as pessoas que estão inscritas nos programas sociais, como bolsa família, ou bolsa aluguel”, disse

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style