Segunda-Feira, 20 de Agosto de 2018

Política


08/08/2018 - 00:00 - Atualizado em 08/08/2018 - 00:00

Vereadores recebem prefeito e adiam votação de projetos

Por Da redação / politica@webdiario.com.br
Osasco

Vereadores recebem  prefeito e adiam  votação de projetos

Vereadores recebem prefeito e adiam votação de projetos (Foto: Marcelo Deck)
O prefeito Rogério Lins (Podemos), participou da primeira sessão ordinária do segundo semestre, realizada na última terça.  Com isso, os vereadores encerraram a sessão mais cedo e adiaram para quinta, 9, a votação de moções, vetos, projetos e requerimentos. Na próxima sessão, os vereadores vão apreciar 13 vetos do prefeito a projetos de vereadores da Casa. Entre eles, à proposta do vereador Alex da Academia (PDT) que autoriza a isenção ou remissão de imposto predial e territorial urbano (IPTU) aos proprietários de imóveis atingidos por enchentes e alagamentos causados pelas chuvas.

A matéria foi rejeitada por vício de iniciativa, já que a Prefeitura não pode renunciar arrecadação. Outro projeto que também foi vetado, e será apreciado pelos pares, é o de autoria do vereador Toniolo (PCdoB) que institui o programa de incentivo e desconto, denominado “IPTU Verde”. Assim como a proposta do tucano De Paula que dispõe sobre a criação de um Programa Municipal de Educação Financeira, no município. Já em segunda discussão, os vereadores de Osasco devem votar o projeto do prefeitoque dispõe sobre a jornada de trabalho de 12 por 36 para servidores das áreas da Saúde e Segurança.

A aprovação é aguardada pelas categorias. Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Serviço Público (Sintrasp) chegaram a pressionar o presidente da Casa, ElissandroLindoso (PSDB), a colocar em votação. Segundo o sindicato, a falta da regulamentação trouxe prejuízos principalmente aos motoristas do SAMU e os condutores de ambulâncias que tiveram folgas cortadas.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style