Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020

Polícia

02/10/2018 - 00:00 - Atualizado em 02/10/2018 - 00:00

Mesmo com 99 mortes homicídios têm queda

Foram quatro casos em agosto, queda de 77% em comparação a janeiro e 63% em relação a igual período de 2017. Mesmo assim 99 já foram assassinadas, em 2018, nessa área.
Por Erica Celestini / policia@webdiario.com.br
Região

As cidades da região Oeste registraram, em agosto, o menor índice de homicídios do ano. Foram 4 pessoas assassinadas, uma redução de 77% na comparação com janeiro, quando foram contabilizados 18 casos. Além disso, esse total representa uma queda de 63% na comparação com igual período de 2017, quando foram 11 assassinatos. Os dados são da Secretaria Estadual de Segurança Pública. O “pico”, deste ano, aconteceu em abril, quando os municípios somaram 19 registros. Janeiro, com 18, foi o segundo mês com maior número de assassinatos. Já o menor número, até então, havia sido contabilizado em fevereiro e abril, com 10 casos cada. Os números da secretaria revelam ainda que os homicídios de agosto foram concentrados em apenas duas cidades.

Foram 2 caso em Itapevi e 2 em Osasco. Nos outros 6 municípios região, não houve assassinatos durante o mês passado, fato que também é inédito este ano.  Já em agosto do ano passado, quando foram contabilizados 11 assassinatos, as ocorrências aconteceram em 4 cidades: 7 em Osasco, 2 em Barueri, 1 em Cotia e 1 em Jandira. Apesar da tendência de queda, 99 pessoas já morreram assassinadas, desde janeiro, nos 8 municípios dessa área. Osasco lidera o ranking, com 29 casos. Em seguida vem Itapevi, com 18, e Carapicuíba, com 17. Em Cotia, fora outros 12 homicídios, enquanto Jandira registrou 10.

Em Barueri, são 7 assassinados desde o início do ano, enquanto Santana de Parnaíba soma 4 e Pirapora do Bom Jesus, 2. Os dados envolvem apenas os casos de homicídios dolosos, ou seja, quando há intenção de matar.

Vip Style