Domingo, 16 de Dezembro de 2018

Polícia

02/10/2018 - 00:00 - Atualizado em 02/10/2018 - 00:00

Vítima reconhece ladrão de celular pela tatuagem

Por Erica Celestini e Maranhão / policia@webdiario.com.br
Itapevi

Tatuagens espalhadas por todo o corpo, incluindo uma dos “irmãos Metralha” no pescoço e outra da personagem “Arlequina”, de forma estilizada, no braço, acabaram levando um ladrão para a prisão em Itapevi. Minutos após ter seu celular roubado, uma senhora procurou a delegacia e fez o reconhecimento do assaltante, identificado como Bruno Cesar, por meio de fotografias, apontando as tatuagens. Uma equipe da Rocam (Policiamento com Motos) do 20º Batalhão, que estava no local para registrar um caso de tráfico de drogas, saiu em diligências pela região e conseguiu prender o suspeito.

A vítima contou que andava pela rua quando foi abordada por um rapaz, que arrancou o celular de sua mão, com violência, e pulou o muro da linha de trem, fugindo em paralelo aos trilhos. Um comparsa, que o esperava no local, ficou com o celular. Após ouvir a versão da vítima, os policiais fizeram buscas e viram os suspeitos próximos a um supermercado. Ao notarem a aproximação da viatura, eles saíram correndo e, novamente, pularam o muro da linha férrea. Mas os policiais fizeram o cerco pelo outro lado da linha e conseguiram pegar um deles em uma área descampada. Ele foi levado à delegacia e autuado por furto. A prisão foi feita pelos soldados Emerson e Américo.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style