Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018

Política


10/10/2018 - 00:00 - Atualizado em 10/10/2018 - 00:00

Prefeitos da região ficam neutros para presidente

Governantes das maiores cidades da região Oeste optaram por não declarar apoio a nenhum dos dois candidatos a presidente - Fernando Haddad e Bolsonaro.
Por Júlio Rezende / politica@webdiario.com.br
Região

Cinco dos seis prefeitos que declararam apoio na terça-feira, 9, para o candidato Márcio França (PSB) ao governo do Estado, afirmaram que no momento não tem opinião formada sobre a eleição presidencial entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). Segundo Rogério Lins (Osasco), Marcos Neves (Carapicuíba), Paulo Baruf (Jandira), Gregório Maglio (Pirapora do Bom Jesus) e Josué Ramos (Vargem Grande Paulista), seus partidos ainda não definiram qual a estratégia que irão adotar para o segundo turno e que, portanto, a decisão momentânea será de neutralidade. O prefeito de Osasco, afirmou que essa tática será passada pela presidente de seu partido, a deputada federal Renata Abreu.

“Não tenho como definir nada sem consultar a minha líder, ainda mais agora que ela teve uma grande votação e representa muitos eleitores de nossa cidade”, argumentou Lins. Marcos Neves foi mais taxativo e realmente adotará a postura neutra. “Vamos focar nosso trabalho em eleger Marcio França. A neutralidade também será a postura dele”, declarou o carapicuibano. Baruf declarou que não mudará sua opinião sobre quem é o melhor para o Brasil. “Meu candidato sempre foi o Geraldo Alckmin (PSDB), mas como ele estará fora do segundo turno, não me vejo apoiando os outros concorrentes, por isso me manterei neutro e meu foco estará em nosso Estado”, disse o jandirense.

Essa também foi a declaração de Josué Ramos, que apenas limitou-se a dizer que trabalhará na segunda etapa da eleição para o governo do Estado. A única prefeita que declarou voto em Jair Bolsonaro foi Lili Aymar, da cidade de Araçariguama. Para ela, o candidato do PSL é o melhor para governar o país. “Sou a favor da família e também da liberdade, assim como ele, e não votaria nunca em representantes do Partido dos Trabalhadores”, finalizou a prefeita.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style