Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018

Política


10/10/2018 - 00:00 - Atualizado em 10/10/2018 - 00:00

Lindoso afirma que PDSB de Osasco esta rachado

Segundo ele, não há consenso em nenhuma decisão e cada um vai para um lado. "Digo isso com toda a certeza do mundo. Nós realmente não formamos hoje um partido"
Por Júlio Rezende / politica@webdiario.com.br
Osasco

O presidente da Câmara de Osasco, vereador Elissandro Lindoso (PSDB), declarou na terça-feira, que o diretório municipal de seu partido está rachado. Segundo ele, não há consenso em nenhuma decisão e cada um vai para um lado. “Digo isso com toda a certeza do mundo. Nós realmente não formamos hoje um partido. É uma pena, pois fazemos parte de uma legenda que já contribuiu muito com a cidade de Osasco e hoje, não podemos mais dizer isso”, afirmou o parlamentar. Totalmente contrário a essa declaração, o secretário geral do PSDB no município, José Carlos Vido, afirmou que o racha não existe e é uma invenção de Lindoso.

“É ele quem quer passar essa imagem de discórdia, não sei o que ele ganha com isso. Além disso, sei que muita gente quer que nosso partido esteja arranhado politicamente. No tempo do Celso Giglio isso não aconteceria, mas os tempos eram outros”, ressaltou o tucano. Vido ocupa hoje o cargo de Secretário da Saúde de Osasco e em muitos momentos sua atuação tem sido criticada por seus correligionários na tribuna do legislativo local. Após a morte do ex-prefeito Celso Giglio, a presidência da legenda foi assumida pelo vereador De Paula, que acabou lançando candidatura a deputado federal juntamente com seu parceiro de Câmara, o vereador Didi.

Ambos têm atuação política na zona Norte da cidade e, para muitos, a decisão de ambos não foi a mais acertada, já que o nicho de votos é praticamente o mesmo. Nenhum dos três tucanos acabou tendo sucesso nas urnas. Lindoso teve 15.867 votos em Osasco. De Paula, obteve 9.283 e Didi ficou apenas com 4.624. Nem a somatória dos resultados deles na cidade seria capaz de eleger um deputado, seja para a Assembleia Legislativa ou para a Câmara Federal.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style