Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018

Política


07/11/2018 - 00:00 - Atualizado em 07/11/2018 - 00:00

"Para chegar ao poder, Moro cometeu 11 violações aos direitos de Lula"

"O ingresso do juiz Sérgio Moro no governo de Bolsonaro mostra que Lula foi processado, condenado e encarcerado sem que tenha cometido crime, com o claro objetivo de interditá-lo politicamente", publicou Emidio em rede social
Por Da redação / politica@webdiario.com.br
Osasco

Após a indicação de Sérgio Moro para o Ministério da Justiça do governo de Jair Bolsonaro (PSL), o deputado estadual eleito, Emidio de Souza (PT), que faz parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio da Silva, tem usado as redes sociais para denunciar a parcialidade do juiz federal e defender a liberdade de Lula. Integrante da defesa do ex-presidente desde agosto, Emidio começou as publicações no dia 1º de novembro e tem elevado o tom de lá para cá."O ingresso do juiz Sérgio Moro no governo de Bolsonaro mostra que Lula foi processado, condenado e encarcerado sem que tenha cometido crime, com o claro objetivo de interditá-lo politicamente", escreveu em uma das publicações.

Em uma outra postagem, Emidio mostra que "para chegar ao poder", Moro cometeu 11 violações aos direitos de Lula.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style