Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018

Política


07/11/2018 - 00:00 - Atualizado em 07/11/2018 - 00:00

Pirapora do Bom Jesus receberá R$600 mil para fomentar o turismo

Assembleia deve votar nos próximos dias projeto que concede título de Município de Interesse Turístico a 43 cidades e Pirapora é a única da região na lista. Gregório quer usar recursos para construção de banheiros públicos e manutenção de praças
Por Júlio Rezende / politica@webdiario.com.br
Pirapora do Bom Jesus

Pirapora do Bom Jesus poderá, nos próximos dias, ser considerado Município de Interesse Turístico (MIT), titulo que lhe garantirá receber subsídios do governo do Estado para o fomento ao turismo na cidade. Isto porque a Assembleia Legislativa (Alesp) selou, na última terça-feira, 6, um importante acordo para a criação de 43 novos MITs no Estado. Com a classificação, essas cidades receberão tratamento diferenciado do governo estadual, com direito a mais verbas para investimentos em obras e programas. De acordo com o prefeito de Pirapora, Gregório Maglio, a prefeitura aguarda com grande expectativa o benefício.

“Fazer parte de programa vai possibilitar a mudança da realidade na área de turismo de nossa cidade, porque poderemos colocar em prática o Plano Municipal do Setor, e viabilizar muitas obras para acolher melhor os turistas que escolhem Pirapora como seus roteiros religiosos”, explicou o prefeito. Segundo Gregório, o projeto prevê um aporte financeiro de R$ 600 mil por ano para o município. “Inicialmente usaremos esse dinheiro para construir banheiros públicos e para a manutenção de nossas praças, que são demandas cobradas há tempo por nossa população. Além disso, tenho certeza que o Conselho de Turismo de Pirapora, saberá conduzir e fiscalizar a utilização desse dinheiro tão importante para o desenvolvimento do município”, completou.

O projeto de lei 635/2018, que cria os novos municípios, foi aprovado na Alesp, pelo congresso de comissões da Casa (reunião extraordinária com representantes de todas as comissões responsáveis pela análise de um determinado projeto, convocada com a finalidade de acelerar a tramitação) e deverá ser pautado em breve para ser votado em plenário pelo conjunto dos parlamentares. São requisitos para a classificação como MIT: ter potencial turístico; dispor de serviço médico emergencial, meios de hospedagem, restaurantes e serviços de informação turística; água potável e coleta de lixo; e Plano Diretor de Turismo e Conselho Municipal de Turismo.
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style