Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018

Política


05/12/2018 - 00:00 - Atualizado em 05/12/2018 - 00:00

Ralfi quer "Escola Amiga dos Animais" na rede municipal

A proposta tem como objetivo adotar animais comunitários e ampliar a educação ambiental voltada para o bem-estar de animais domésticos, fortalecendo os conceitos de adoção consciente, cuidados, abandono e legislação relacionada aos animais
Por Juliana Oliveira / politica@webdiario.com.br
Osasco

Vereador Ralfi (Podemos ), autor do projeto

Vereador Ralfi (Podemos ), autor do projeto (Foto: Marcelo Deck)
O vereador Ralfi Silva (Podemos) que, desde sábado acompanha o caso do cachorro espancado no Carrefour Osasco, apresentou projeto na Câmara Municipal pedindo a implantação do “Projeto Escola Amiga dos Animais” na rede municipal de ensino.  A proposta tem como objetivo adotar animais comunitários e ampliar a educação ambiental voltada para o bem-estar de animais domésticos, fortalecendo os conceitos de adoção consciente, guarda responsável, maus-tratos, cuidados, abandono e legislação relacionada aos animais.

Segundo o autor, a possibilidade de interação com animais comunitários nas escolas dá o caráter prático para que os professores possam desenvolver atividades como cuidados com a alimentação e higiene dos pets, assim como afeição aos animais. “Pois eles também sentem fome, sede, dor e falta de atenção similar a qualquer ser humano”.

Se aprovado, o projeto que entrou no sistema da Casa de Leis, no último dia 29 de novembro, poderá contar com a participação de órgãos públicos, empresas privadas, veterinários, universidades e Organizações Não Governamentais (ONGs) para apoiarem as atividades e a manutenção dos animais comunitários.  

Ralfi acredita que investir no projeto seja uma forma de desenvolver a convivência respeitosa das crianças e adolescentes com os animais. “Educar as crianças sobre os cuidados corretos com animais vai contribuir para a redução do abandono e casos de maus-tratos. Os alunos poderão repassar as informações recebidas aos pais e familiares, principalmente, sobre alimentação e cuidados. Por mais que o adulto não mude seus hábitos, a criança vai crescer e lembrar-se do que aprendeu, fazendo com que mude o conceito dos adultos do futuro”.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style