Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018

Esportes


05/12/2018 - 00:00 - Atualizado em 05/12/2018 - 00:00

Osasco vence Barueri duas vezes pela Superliga

Por Da redação / esportes@webdiario.com.br
Região

Paula Pequeno, do Osasco Audax, comemora pontuação

Paula Pequeno, do Osasco Audax, comemora pontuação (Foto: Divulgação)
Vôlei-Osasco Audax e Hinode/Barueri finalizaram, na noite desta terça-feira, partida válida pela 5ª rodada da Superliga, que havia sido interrompida na sexta-feira, devido a goteiras causadas por fortes chuvas no ginásio José Correa. As visitantes, que haviam vencido o primeiro set por 25 a 23 antes da interrupção do jogo, liquidaram a fatura no tie-break. Para o time de Osasco, foi um vitória dupla. O time ultrapassou o rival na tabela de classificação. Agora, é o 6º colocado, com 9 pontos, enquanto Barueri caiu para 7º, com 8.

O destaque foi a peruana Angela Leyva. Após uma atuação apagada na sexta-feira,  ela assumiu as rédeas do jogo e cravou 27 pontos no placar, que teve parciais de 25/27, 28/26, 18/25 e 15/11. Só não foi a artilheira do jogo porque, do lado de Barueri, a polonesa Kasia Skowronska cravou 30 pontos. Mas seu desempenho foi tão importante para o time que a líbero Camila Brait, eleita pelos telespectadores do canal Sportv com melhor atleta em quadra, entregou o prêmio a Leyva. 

“O troféu está em boas mãos. Ela jogou para o time e o time jogou pra ela”, resumiu. Já a peruana não conteve as lágrimas com a atitude da companheira. “Agradeço a Camila pelo grande gesto. Apesar que algumas coisas não terem saído bem, no final deu tudo certo. Todas me deram apoio o tempo todo, dizendo ‘você pode, vai para cima’. Quero também felicitar também o Barueri que fez um grande jogo”, afirmou a ponteira.

Com o resultado, Osasco também se recuperou de duas derrotas seguidas, fato que foi comemorado pelo técnico Luizomar de Moura.  “Mesmo em início de Superliga, a equipe tem que seguir focada em trabalhar para crescer. Vamos seguir nessa busca. Nesta noite, novamente perdemos algumas oportunidades e isso tem sido uma constante. Nós construímos vantagem na metade dos sets, mas temos desperdiçado oportunidades no final das parciais. O objetivo é ir melhorando a cada rodada”, avaliou o treinador.

Agora, Osasco volta à quadra na sexta-feira, quando pega o Balneário Camboriú, estreante na Superliga, fora de casa.  Já o Hinode/Barueri ganha mais uns dias de folga e só joga na terça-feira, dia 11. Mas com parada dura, diante do Sesc/Rio de Janeiro, às 19 horas, no ginásio José Correa.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style