Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018

Cotidiano


06/12/2018 - 00:00 - Atualizado em 06/12/2018 - 00:00

25% das lojas vão efetivar temporários após o Natal

Por Da redação / cotidiano@webdiario.com.br
Região

Quem conseguiu uma vaga temporária de emprego, para o período de final de ano, pode manter as esperanças de continuar empregado em 2019. Pesquisa feita com empresários do setor pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que 25% devem efetivar pelo menos um temporário após as festas de final de ano.  Em números absolutos, a previsão é de que aproximadamente 35,1 mil vagas tenham sido criadas no período. A pesquisa revela ainda que ter experiência na área e ensino médio concluído costumam ser requisitos necessários tanto para a contratação quanto para a efetivação.

Metade (50%) dos comerciantes que planejam contratar procuram profissionais com bagagem anterior e apenas 8% exigem que o candidato tenha feito algum curso profissionalizante. Para 55% dos empresários, os candidatos devem possuir ensino médio, embora 28% não levem em consideração a escolaridade na hora de contratar. “Nessa época do ano, os varejistas costumam ter pouco tempo para treinar os novos contratados. Desta forma, muitas vezes optam por profissionais que já tenham um pouco de experiência”, explica o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.

A pesquisa também revela que apesar da lenta recuperação da economia em 2018, há uma percepção mais otimista sobre os resultados do varejo para este fim de ano. Para quatro em cada dez (43%) comerciantes as vendas no período devem ser melhores na comparação com 2017. Além desses, 32% dos empresários acreditam que as vendas se manterão no mesmo patamar e  9% esperam um desempenho pior — uma queda de 12 pontos percentuais em relação a 2017. O número dos que não souberam responder cresceu 15%.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style