Domingo, 19 de Maio de 2019

Cotidiano


19/12/2018 - 00:00 - Atualizado em 19/12/2019 - 00:00

Complexo Maria Campos fica interditado até sexta-feira

Bloqueio parcial para obras de manutenção acontece desta quarta, quando já houve lentidão no trânsito. Prefeitura antecipou obra para evitar dias que antecedem o Natal
Por Da redação / cotidiano@webdiario.com.br
Osasco

Complexo Maria Campos fica  interditado até sexta-feira

Complexo Maria Campos fica interditado até sexta-feira (Foto: Divulgação)
O Complexo Viário Maria Campos, na região central de Osasco, sofre interdição parcial desde a manhã desta quarta-feira. Segundo a prefeitura, o bloqueio deve durar até 48 horas, para obras de manutenção preventiva, envolvendo a troca de borrachas em seus vãos de dilatação. O anúncio do bloqueio foi feito pelo prefeito Rogério Lins na noite de terça-feira, por meio de vídeo divulgado nas redes sociais, no qual ele também pede que os motoristas evitem a região e busquem rotas alternativas. O complexo dá acesso à Zona Norte de Osasco e também ao Cebolão, com saída para as marginais Pinheiros e Tietê.  

No primeiro dia de bloqueio, houve bastante lentidão na região e vias próximas. A própria avenida Maria Campos ficou bastante congestionada, tanto no acesso para o Cebolão quanto para a Zona Norte da cidade, já que, na sequência, essa também é uma das saídas para a rodovia Castelo Branco. Como efeito dominó, a lentidão se espalhou pelas avenidas Aurora Soares Barbosa, até próximo ao acesso à Hirant Sanazar, sentido Centro, e Autonomistas, sentido Carapicuíba, no trecho entre o viaduto metálico e a Vila Yara.

O presidente da  Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Osasco (AEAO), Leandro Azeredo Fogaça, acompanhou, junto ao Secretário de Obras, Cláudio Monteiro, o início das obras e cobrou a criação de um programa de manutenção de pontes. “A associação propôs a criação de um selo de manutenção que visa, sobretudo, reforçar a integridade de pontes, viadutos e a segurança dos usuários”, destacou. Ele também questionou o secretário sobre o impacto das obras no trânsito. Segundo Fogaça, a prefeitura afirmou que a manutenção foi antecipada para que a mobilidade na região não fosse comprometida no período de maior circulação que deverá se iniciar até o final desta semana, com as comemorações de final de ano, compras e viagens de férias.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style