Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019

Esportes


07/01/2019 - 00:00 - Atualizado em 07/01/2019 - 00:00

"Com trabalho, foco e união, vamos buscar os primeiros lugares", diz Claudinha

Por Graciela Zabotto / esportes@webdiario.com.br
Osasco

Claudinha, levantadora do Osasco/Audax

Claudinha, levantadora do Osasco/Audax (Foto: Divulgação)
Enquanto os times mineiros dominam o topo da classificação geral da Superliga Feminina de vôlei - o Dentil/Praia Clube tem 24 pontos, seguido do Minas Tenis Clube, com 22 - as equipes da região voltam para a quadra nesta terça-feira, 8, e terão muito trabalho pela frente.
Ocupando a sétima posição e com 14 pontos, o Hinode Barueri viaja até a capital federal e entra em quadra para encarar o Brasília, às 20 horas. O adversário está na 9º posição da tabela, com apenas nove pontos. Dos nove jogos realizados, as meninas de Brasília perderam seis, enquanto Barueri jogou oito partidas e perdeu três.

Já com 12 pontos, o Osasco/Audax está na cola de Barueri e enfrenta, também às 20 horas, o Curitiba Vôlei, fora de casa. Na tabela, o time paranaense está na 6ª posição, com 16 pontos, e tem em seu histórico nesta edição da Superliga quatro derrotas em nove partidas disputadas.
Para a levantadora Claudinha, Osasco terá um 2019 melhor que o final de 2018. “Temos uma equipe forte e acredito que podemos reagir na competição, que está completamente aberta. Os adversários sabem o peso dessa camisa. E sabemos que é preciso respeitar todos os rivais para apresentar nosso melhor vôlei e conquistar as vitórias. Com muito trabalho, foco e união, vamos buscar os primeiros lugares na tabela de classificação”, explicou.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style