Segunda-Feira, 22 de Julho de 2019

Política


07/02/2019 - 00:00 - Atualizado em 07/02/2019 - 00:00

Lancaster quer que Estado pague 25% das despesas do SAMU

Por Da redação / politica@webdiario.com.br
Barueri

Deputado Gil Lancaster (PSB), autor do projeto

Deputado Gil Lancaster (PSB), autor do projeto (Foto: Divulgação)
Começou a tramitar na Assembleia Legislativa projeto de lei do deputado Gil Lancaster (PSB), que autoriza ao Estado de São Paulo o custeio mensal de 25% das despesas com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Segundo o autor, a resolução de criação do SAMU prega que 50% do custeio dos atendimentos no SAMU devem ser feitos pelo Governo Federal.

Os outros 50% devem ser divididos igualmente entre o estado e o município que abrigam a unidade. “Dados do Ministério da Saúde apontam que o governo paulista não cumpre este percentual, obrigando que sua parte seja paga pela União e pelas cidades. Em grandes cidades, no que pese as dificuldades, essa diferença é pouco sentida, porém, nos municípios de pequeno porte populacional, torna-se insustentável quitar o débito estadual”.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style