Domingo, 26 de Maio de 2019

Política


20/02/2019 - 00:00 - Atualizado em 20/02/2019 - 00:00

Professores e funcionários de escolas municipais serão treinados para primeiros socorros

Projeto sancionado pelo prefeito Rogério Lins obriga realização do curso de capacitação de primeiros socorros. Com isso, a partir de agora, os estudantes aprenderão a maneira mais correta para lidar com situações de emergências médicas que exijam intervenções rápidas
Por Juliana Oliveira / politica@webdiario.com.br
Osasco

Prefeito de Osasco, Rogerio Lins (Podemos)

Prefeito de Osasco, Rogerio Lins (Podemos) (Foto: Marcelo Deck)
O prefeito Rogério Lins (Podemos) sancionou projeto de lei que institui no município a “Lei Lucas Begalli Zamora”,que dispõe sobre a obrigatoriedade da realização do Curso de Capacitação de Primeiros Socorros nas escolas públicas de ensino básico. A proposta foi inicialmente apresentada pelo vereador Ralfi Silva (Podemos) e aprovada em plenário, porém, por conter vício de iniciativa, acabou sendo vetada por Lins, que reapresentou o projeto com a devida citação do parlamentar. Lucas morreu engasgado com um pedaço de salsicha durante um passeio escolar e não teve os primeiros socorros.

De acordo com a Lei Lucas, que tem 90 dias para ser regulamentada, o curso terá dois grupos de público alvo, os professores e funcionários que atuam em toda a educação básica e os alunos da educação infantil e do ensino fundamental. Com isso, a partir de agora, os estudantes aprenderão a maneira mais correta para lidar com situações de emergências médicas que exijam intervenções rápidas, permitindo-lhes identificar os procedimentos mais adequados para cada caso; já os professores e funcionários de toda a educação básica serão capacitados para exercer os primeiros socorros e estarem preparados para qualquer acidente.

Os professores e funcionários das escolas serão orientados por profissionais cedidos pela Secretaria da Saúde ou pelo Corpo de Bombeiros, que também deve definir a carga horária necessária para a capacitação a cada 12 meses. Já os alunos receberão lições de primeiros socorros na forma de atividades educativas e palestras que acontecerão durante o período letivo. Além disso, as escolas municipais deverão manter, em suas dependências, pessoal treinado durante todo o período em que houver aulas, assim como “kits de primeiros socorros”, em conformidade com o treinamento recebido.
 
 

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style