Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019

Política


15/04/2019 - 00:00 - Atualizado em 15/04/2019 - 00:00

Vereadora quer limitar número de estudante por professor

No berçário, até 11 meses, deverão ficar apenas 5 por profissional. No ensino médio, por exemplo, limite seria 35 alunos por sala. Escala muda com idade e nível de ensino.
Por Júlio Rezende / politica@webdiario.com.br
Carapicuíba

Vereadora Cida Carlos (PT), autora do projeto

Vereadora Cida Carlos (PT), autora do projeto (Foto: Maranhão)
Desde a semana passada, tramita na Câmara de Carapicuíba o projeto de lei, de autoria da vereadora Cida Carlos (PT), que visa estabelecer número máximo de alunos por turma nos estabelecimentos de ensino regular da rede municipal de educação. De acordo com a proposta, a medida irá valer para turmas das escolas de Educação Infantil (EMEIs), sendo que no Berçário I, com crianças de 0 a 11 meses, cuidadas por ADEBs( Auxiliar de Desenvolvimento da Educação Básica), deverão estudar apenas cinco alunos por profissional. Já no berçário II (1 ano a 1 ano e 11 meses), até seis crianças por pessoa.

No Mini - Grupo I (2 anos a 2 anos e 11 meses): até 8 crianças por pessoa;  no Mini - Grupo II (3 anos a 3 anos e 11 meses): até 15 crianças por professor ou professora.  No Infantil I (4 anos a 4 anos e 11 meses): até 20 crianças por professor ou professora na sala; Já no Infantil II (5 anos a 5 anos e 11 meses): até 20 crianças por professor ou professora na sala. De acordo com Cida Carlos, o projeto se sustenta nos critérios do Plano Municipal de Educação que possui como uma das diretrizes a melhoria da qualidade da educação oferecida nasescolas municipais.“Considero no projeto a limitação da quantidade de alunos por professor elemento indispensável para o desenvolvimento do processo pedagógico. A relação entre o número de alunos por turma e por professor, em cada etapa e modalidade da educação básica é um dos fatores determinantes para se garantir qualidade de ensino”, argumenta a parlamentar em defesa da medida.

O projeto ainda prevê que no ensino fundamental de 1º ao 3º ano o número de alunos por professor será de 25; do 4° ao 9° ano do ensino dundamental: até 35 alunos e, idem para o ensino médio. “Considero fundamental possibilitar, no estabelecimento de um número máximo de alunos por turma, de maneira que essa relação permita o diálogo, a escuta e os diferentes olhares necessários às individualidades de cada criança e adolescente, na perspectiva de lhe garantir seu direito à aprendizagem”, concluiu.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style