Terça-Feira, 23 de Julho de 2019

Política


15/05/2019 - 00:00 - Atualizado em 15/05/2019 - 00:00

Vereadores votam isenção de passagem para pacientes com consulta marcada

O embarque gratuito só será concedido mediante a utilização do cartão "Passe Livre", além da apresentação da carteira de identidade original com foto e a guia da consulta médica
Por Juliana Oliveira / politica@webdiario.com.br
Osasco

Vereadora Lucia da Saúde (DC), autora do projeto

Vereadora Lucia da Saúde (DC), autora do projeto (Foto: Marcelo Deck)
Os vereadores de Osasco devem votar nesta quinta-feira, 16, o projeto de lei da vereadora Lúcia da Saúde (DC) sobre a isenção de passagem de ônibus de ida e volta, para os pacientes com consulta marcada com o especialista da rede municipal de saúde. A proposta consta na pauta de ordem do dia de votação. Na justificativa ao projeto, a parlamentar explica como o “Passe Livre” vai funcionar.

“O interessado vai até a Secretaria de Saúde levando os documentos necessários. Caso seja aprovado, o cadastro será ativado no sistema, na consulta seguinte, a central entrará em contato com o munícipe, para informar sobre o uso e a aquisição do Cartão Passe Livre, que será enviado por meio de malote para a UBS que o munícipe possui cadastro”.

De acordo com o texto o embarque gratuito só será concedido mediante a utilização do cartão “Passe Livre” fornecido pela Secretaria de Saúde, além da apresentação obrigatória da carteira de identidade original com foto e a guia da consulta médica. O direito a passagem gratuita no dia da consulta com oespecialista será de uso exclusivo, individual e intransferível e, em caso de falta não justificada, o cadastro será bloqueado para o benefício. Lúcia diz ter certeza que o projeto do “Passe Livre” vai beneficiar toda a população de Osasco, principalmente “os menos favorecidos”. “Infelizmente ainda existem muitas pessoas aguardando sua consulta com o especialista nafila de espera, e quando sai a vaga, muitos pacientes não tem carro, não tem ninguém para levá-lo, enem condições financeiras para pegar um coletivo para chegar até a policlínica”.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style