Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019

Política


11/07/2019 - 00:00 - Atualizado em 11/07/2019 - 00:00

Barueri já ofereceu 50 milhões para trazer hospital

Prefeito Rubens Furlan fez proposta tentadora, ao governador João Doria, para garantir implantação de um hospital regional na cidade. Furlan garantiu a área e o projeto, além de liberar R$ 50 milhões para a construção do prédio
Por Júlio Rezende/politica@webdiario.com.br
Osasco

Prefeito Rubens Furlan fez proposta tentadora, ao governador João Doria (foto), para garantir  implantação de um hospital regional na cidade

Prefeito Rubens Furlan fez proposta tentadora, ao governador João Doria (foto), para garantir implantação de um hospital regional na cidade (Foto: Foto-Wilson-Dias-EBC)
Rubens Furlan afirmou, nesta quarta, que a proposta de Barueri feita ao governador João Doria, para garantir a implantação de um hospital regional na cidade é muito tentadora. Segundo ele, além de garantir a área e o projeto, o município ainda se comprometeria com R$ 50 milhões para a construção da unidade de Saúde. Furlan avalia que os outros municípios que também estão pleiteando a obra, não terão condições de contribuir desta forma, auxiliando o governo do Estado em vários aspectos técnicos e financeiros. “Além disso, essa unidade deve que estar onde melhor vai atender e resolver os problemas da população. Como é que vamos colocar um hospital regional lá em Santana de Parnaíba ou em Pirapora do Bom Jesus? Não é que eu não queira, mas a viabilidade técnica também deve ser avaliada”, argumentou o prefeito.

Segundo ele, o déficit de leitos na região é da ordem de dois mil. “O que vamos fazer aqui é um hospital de 374 leitos a ainda assim estaremos com um número negativo. Esse negócio de ficar com ciumeira é uma bobagem, precisamos resolver a situação e melhorarmos a qualidade dos serviços prestados na área da saúde em nossa região”, finalizou. O governador João Dória tem declarado que o governo planeja entregar dois hospitais para a região nos próximos anos. A promessa, inclusive, foi feita por Doria em 2018, durante a campanha eleitoral. A declaração do governador acabou incentivando os prefeitos a pleitearem o benefício para seus municípios, instituindo uma disputa aberta entre eles.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style