Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019

Política


09/08/2019 - 00:00 - Atualizado em 09/08/2019 - 00:00

Sem chapinhas PSDB e DEM vão pra cima dos vereadores

Vereadores de Osasco estão sob forte assédio. Com o fim das "chapinhas, grandes legendas como PSDB e DEM querem "turbinar" suas fileiras com nomes de peso, fazendo com que as primeiras disputas ocorram dentro dos partidos
Por Juliana Oliveira / politica@webdiario.com.br
Osasco

Sem chapinhas PSDB e DEM vão pra cima dos vereadores

Sem chapinhas PSDB e DEM vão pra cima dos vereadores (Foto: Caio Henrique)
Faltando apenas 8 meses para a tão aguardada abertura da “janela partidária”, período em que os vereadores podem trocar de partido sem perder o mandato, os parlamentares de Osasco assumem posição mais reservada sobre o assunto e começam a reavaliar as estratégias já que, com o fim das coligações, as tradicionais “chapinhas” montadas por siglas nanicas para eleger vereadores com pouca votação, deixam de existir.

Por outro lado, grandes legendas como PSDB e DEM serão turbinadas por nomes de peso, como dos vereadores Cláudio da Locadora (PV), Ralfi Silva (Podemos), Alex da Academia (PDT), Ribamar Silva (Sem Partido), Daniel Matias (Sem Partido) eToniolo (PCdoB), fazendo com que as primeirasdisputasocorram dentro dos partidos.Em Osasco a dança das cadeiras promete surpreender. O vereador Cláudio da Locadora, por exemplo, deve sair do PV, principalmente depois da briga declarada entre ele e o presidente Carlos Marx, que excluiu o único vereador do partido do grupo do whatsapp e das pretensões da legenda. “Nossa chapa não terá o Cláudio da Locadora e nenhuma outra ‘figurinha carimbada’. Queremos candidatos novos”.

Na manhã de sexta-feira, 9, duas informações esquentaram os bastidores, a primeira de que o vereador estaria sendo expulso do PV, a reportagem do Diário tentou contato com o presidente da sigla, mas não obteve retorno, e a segunda de que Cláudio já estaria com “um pé” no DEM do vice-governador, Rodrigo Garcia, que também estaria assediando os outros nomes. “Respeito o presidente, e não estou sabendo nada sobre expulsão, mas depois que ele me descartou, abriu uma lacuna dentro do PV, fazendo com que muitos partidos viessem me procurar”.

Cláudio que já foi chamado de “prefeitão da zona norte” em gestões passadas, não esconde a vontade de alçar voos mais altos. “Existe um clamor da população para que eu seja candidato a prefeito ou que faça uma dobrada e venha como vice do prefeito Rogério Lins (Podemos)”. Quem também teve o nome bastante citado nos corredores políticos foi o vereador Toniolo. Boatos davam como certo sua saída do PCdoB. Em conversa com o Diário, ele informou que realmente tem recebido muitos convites, mas não há nada definido. “Continuo no PCdoB, só sairia por uma questão de sobrevivência política”.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style