Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019

Cotidiano


13/08/2019 - 00:00 - Atualizado em 13/08/2019 - 00:00

207 famílias já estão morando no Conjunto Residencial Miguel Costa, em Quitaúna

Outras 542 vão se mudar até 1º de setembro, em operações especiais aos finais de semana. Já as família incluída na terceira etapa de mudança vão participar da escolha das unidades no próximo mês. Por hora são feitas 19 mudanças só nos finais de semana.
Por Da redação / cotidiano@webdiario.com.br
Osasco

Outras 542 vão se mudar até 1º de setembro, em operações especiais aos finais de semana. Já as família incluída na terceira etapa de mudança vão participar da escolha das unidades no próximo mês. Por hora são feitas 19 mudanças só nos finais de semana.

Outras 542 vão se mudar até 1º de setembro, em operações especiais aos finais de semana. Já as família incluída na terceira etapa de mudança vão participar da escolha das unidades no próximo mês. Por hora são feitas 19 mudanças só nos finais de semana. (Foto: Divulgação)
Com mudanças realizadas sábado e domingo, 207 famílias já estão morando no Conjunto Residencial Miguel Costa, empreendimento do Programa Minha Casa Minha Vida construído em parceria com a  Prefeitura de Osasco em Quitaúna. De acordo com a prefeitura, outras 542 se mudam para os apartamentos até 1º de setembro.  E as restantes vão escolher as unidades também a partir do próximo mês. Como o residencial conta com 906 unidades, a entrada das famílias foi dividida em três etapas.  A 1ª e 2ª correspondem a 680 unidades. Destas, 138 estão organizando, segundo a administração, os últimos documentos pendentes para se mudarem.

A partir daí, serão definidos os agendamentos para cada morador, com mudança realizada até 1º de setembro.   Já a 3ª etapa de atendimento, que corresponde a 280 famílias, terá organização para escolha de unidades a partir de setembro. “As famílias que correspondem as 1ª e 2ª etapas de atendimento já estão prontas para efetivarem a mudança. Até 1º de setembro teremos realizado as mudanças de 542 famílias”, reforçou a administração, em nota. Com isso, serão mais 3 finais de semana com operações especiais de trânsito na região, para organização das mudanças.  O sistema seguirá com mudança autorizada de 19 caminhões por hora.

O acesso de veículos é feito pela passagem de nível sobre os trilhos da CPTM, ao lado da Estação Quitaúna, e pela rua que passa em frente aos quartéis do Exército. Com isso, também haverá, nos próximos três finais de semana,  interdição de uma faixa de rolamento da Avenida dos Autonomistas, sentido Carapicuíba/Osasco, entre a avenida General Florêncio e o acesso ao residencial, ao lado da estação. As moradias são destinadas a famílias que foram removidas de uma favela no próximo local e também de áreas de risco, como parte do projeto de urbanização das favelas do Rochdale e do Santa Rita.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style