Sábado, 21 de Setembro de 2019

Polícia

30/08/2019 - 00:00 - Atualizado em 30/08/2019 - 00:00

Com padrão Rota de policiamento, roubos de celulares caem até 40% em 5 cidades da região

Redução foi registrada, nos últimos três meses, em Barueri, Itapevi, Jandira, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus. De acordo com comando do 20º Batalhão da PM, responsável pela segurança na região, ela é resultado do "estilo Rota" de patrulhamento, com reforço nas rondas principalmente durante a madrugada, partir das 4 horas, em ruas com pontos de ônibus
Por Erica Celestini / policia@webdiario.com.br

Índice foi alcançado em Barueri, Itapevi, Jandira, Parnaíba e Pirapora, com reforço de patrulhamento a partir das 4 horas da madrugada, em vias com pontos de ônibus. "Estamos trazendo o padrão rota", afirma o comandante do 20º Batalhão da PM

Índice foi alcançado em Barueri, Itapevi, Jandira, Parnaíba e Pirapora, com reforço de patrulhamento a partir das 4 horas da madrugada, em vias com pontos de ônibus. "Estamos trazendo o padrão rota", afirma o comandante do 20º Batalhão da PM (Foto: Divulgação)
Nos últimos três meses, os casos de roubo e furtos de aparelhos de telefone celular caíram até 40% nas cidades de Barueri, Itapevi, Jandira, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus. O levantamento foi feito pelo 20º Batalhão da Polícia Militar, comando do policiamento nesses cinco municípios.

De acordo com o tenente-coronel Pedroso, comandante da unidade, essa redução está ligada a uma mudança no sistema de patrulhamento. Como a maioria dos assaltos envolve pedestres que estão nos pontos de ônibus, na madrugada e no início da manhã, a PM está fazendo, também há três meses – período quem assumiu o comando do 20º PBM, operações especiais de patrulha, com carros e motos, no período entre 4 horas e 6 horas da manhã, nas ruas que concentram pontos de ônibus. “Essas 5 cidades têm perfis muito diferentes, incluindo entre os tipos de crimes. Mas roubo de celulares era nosso principal desafio em todas elas. Por isso, colocamos esse patrulhamento em horários e locais específicos, definidos a partir de levantamento feito nos boletins de ocorrência,  e estamos reduzindo os índices mês a mês”, avalia.

Ainda segundo o comandante, esse tipo de operação segue o “padrão Rota” e também ações do Batalhão de Choque, unidades pelas quais passou em 32 anos de carreira na Polícia Militar. “Trago essa experiência. É o policiamento que a Rota emprega. E tem dado certo. Mas tão importante quanto a redução dos crimes é a sensação de segurança que esse tipo de operação traz à população. A presença das viaturas e dos policiais nas ruas também ajuda na prevenção das ocorrências”, completa.

O tenente-coronel ressalta ainda que, em todas as cidades, as operações são feitas em parceria com as guardas municipais, o que aumenta o número de viaturas e homens empregados.  Também fazem parte desse trabalho operações especiais, com blitze e abordagens. As mais recente delas, batizada de “Cidade Segura”,  foi realizada esta semana, em Barueri.  Ao todo, foram abordadas 198 pessoas e fiscalizados 25 carros e 26 motos. Dentre elas, 10 foram recolhidas por irregularidades.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style